domingo, 30 de abril de 2017

O GRANDE LIBERTADOR DE ISRAEL





O GRANDE LIBERTADOR DE ISRAEL (O JESUS HISTÓRICO)




“Quem creu em nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor? Porque foi subindo como renovo perante ele e como raiz duma terra seca; não tinha aparência nem formosura; olhamo-lo, mas nenhuma beleza havia que nos agradasse. Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer; e como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso. Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões; e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”. (Isaías 53:1-5) 


O Jesus "Hippie" que pregam por aí, não é o Jesus histórico, menos ainda o Jesus da Bíblia. Essa "historinha" de que Jesus era um "Hippie e grande pacifista" não tem embasamento histórico, menos ainda base bíblica. Os "historiadores de Internet" (geralmente, Testemunhas de Jeová e evangélicos que não terminaram nem o Ensino Fundamental), adoram usar o argumento de que os cristãos primitivos não se alistavam no Exército, e por causa disso o serviço militar é do Diabo. Existem historiadores (historiadores de verdade) que até defendem a teoria de que Jesus era um líder dos zelotes (judeus revolucionários que tentavam derrubar o Império Romano do poder). Eu sei que Jesus e os apóstolos nunca apoiaram os zelotes, mas Cristo e seus fiéis apóstolos sempre defenderam a submissão as autoridades (portanto, que as autoridades não exigissem nada contra a Palavra de Deus), e Paulo e Pedro, claramente, ensinaram que a função das autoridades governamentais é punir os maus e louvar os bons. Pedro evangelizou o centurião Cornélio, e ordenou que ele fosse batizado ainda sendo um oficial romano. João Batista batizou alguns soldados e lhes incentivou a permanecerem no serviço militar, portanto, que eles fossem honestos e justos. Paulo (assim, como o profeta Daniel no Antigo Testamento) afirmou, claramente, que as autoridades governamentais são estabelecidas por Deus e que são ministros de Deus para castigar os malfeitores e para enaltecer os cidadãos de bem (sem contar que Paulo também evangelizou a Guarda Pretoriana, os Santos da Casa de César). Portanto, essa "historinha" de que Jesus e seus apóstolos eram um bando de "Hippies" pacifistas e anarquistas, não tem embasamento histórico, e menos ainda base bíblica. 


O Príncipe da Paz, também é o Senhor dos Exércitos. Deus é amor, mas também se ira em fervor. A essência de Deus é o amor, mas o seu princípio é a justiça. O Deus da Paz, também é o Deus da Guerra. O Cordeiro de Deus, também é o Leão de Judá. Jesus é o Grande Libertador de Israel, e não esse Hippie idealizado pelos evangélicos. O Jesus da Bíblia é o Messias e o verdadeiro Rei dos judeus. Cristo é o Rei legítimo de Israel. O Príncipe da Paz, também é o Senhor da Guerra. O Deus que concede Salvação por meio de sua Graça, é o mesmo que também lança os pecadores no Tártaro (Lago de Fogo). De Deus não se zomba! Deus se ira e também tem senso de justiça. 


O impressionante dos evangélicos é que eles somente gostam de divulgar o "jesus" distorcido e o "evangelho" deturpado deles. O Jesus cordeirinho e Hippie dos crentes, ou seja, o Jesus songamonga dos evangélicos. E os cristãos pacifistas e babacas que são capachos e sacos de pancadas dos outros. Eles não gostam de pregar sobre o Jesus que comia e bebia com os pecadores. Eles não gostam de pregar sobre o Jesus que xingava e julgava os religiosos hipócritas. Eles não gostam de pregar sobre o Jesus que amava os oprimidos e que se indignava com as coisas erradas e contra as injustiças que o povo sofria. Eles não gostam de pregar sobre o Jesus que desceu a chicotada num bando de religiosos hipócritas e safados, e que virou as mesas para expulsar os "ungidos do Senhor" do Templo de Jerusalém. Esses crentes não gostam de divulgar sobre os cristãos que empunham armas para combater o Boko Haram e o Estado Islâmico. Esses evangélicos não gostam de divulgar sobre os protestantes (luteranos, huguenotes e puritanos) que empunharam armas para combater a Igreja Católica na época da Reforma da Igreja. É porque ser pacifista e politicamente correto é mais fofinho e bonitinho do que fazer o que a Bíblia realmente ensina. Esses religiosos hipócritas querem ser mais santos do que próprio Jesus, o "amigo dos pecadores". Esses crentes safados querem ser mais santos do que o próprio Espírito Santo que inspirou a Bíblia, a Palavra de Deus. Esses malditos fariseus querem ser mais santos do que o próprio Yahweh, o Eterno. 


Eu admiro muito Jesus Cristo. Eu me identifico com Jesus. Não com o Jesus Hippie (pacifista e omisso) e songamonga dos evangélicos, mas com o Jesus da Bíblia, que era bocudo, que andava com os pecadores, que se indignava com as coisas erradas, que xingava os fariseus, que amava os oprimidos e que não suportava a hipocrisia religiosa e o falso moralismo. 


O mundo clama por um grande herói que combata o mal e proteja os indefesos. A Terra está assolada pela maldade, e Satanás oprime a raça humana através do pecado. Deus amou o mundo de tal maneira que Ele enviou Jesus para sofrer e morrer numa cruz por nós. Cristo sofreu torturas indescritíveis e foi brutalmente assassinado por amor ao seu povo, mas no terceiro dia, Ele ressuscitou. Jesus venceu a morte e o pecado, porque Ele é o Soberano Senhor. Cristo tem as chaves da morte e do Inferno, portanto, Satanás não tem nem a chave de sua própria casa, e nem pode mais usar a morte para ameaçar os escolhidos de Deus, porque os remidos pelo Cordeiro têm a vida eterna. 


Quem vai lutar pelo o que é certo? Quem vai nos ajudar a sobreviver? Quem vai lutar pelos fracos? Quem vai fazê-los acreditar? A resposta para essas perguntas é Jesus Cristo. Eu sempre admirei os heróis dos filmes de ação e dos desenhos japoneses (animes), mas passei a admirar muito Jesus, tanto que quero ser igual a Ele. Desejo ardentemente me tornar a imagem e a semelhança de Jesus Cristo. Almejo ser mais parecido com Jesus. O Deus que se fez homem para habitar entre nós. O Messias curou os enfermos e ressuscitou os mortos. Ele expulsou demônios e acalmou a tempestade. O Grande Libertador de Israel, o Rei dos judeus, sangrou dolorosamente até morrer, para que o seu santo sangue nos purificasse de todo o pecado. Os judeus esperavam um Messias guerreiro e nacionalista, mas Jesus Cristo veio ensinar o amor e o perdão. Alguns séculos depois, o Império Romano caiu sob o domínio dos bárbaros, mas isso aconteceu no tempo de Deus. Na época em que Jesus veio aqui na Terra foi mais importante ensinar as pessoas a se amarem do que acabar com o domínio dos romanos. 


Existe uma cura para o vírus mortal chamado pecado. Existe uma maneira de conter a epidemia viral que se alastra sobre a Terra. O sangue de Jesus é a cura para o pecado. Cristo veio para nos libertar da escravidão do pecado e da opressão do Diabo. Jesus é o Único Caminho para se chegar até Deus (não existe outro caminho). Cristo é a Única Salvação, pois Ele é o único que pode nos salvar. Ele veio para nos resgatar do Império das Trevas. O Reino das Sombras sucumbiu diante de seu poder. Jesus Cristo veio para proteger os fracos. Ele veio nos trazer Salvação. Cristo veio nos libertar da opressão. Lúcifer foi derrotado na Cruz do Calvário, porque quando Jesus Cristo derramou o seu precioso sangue, Ele venceu o mal. Jesus veio nos salvar. 


“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim”. (João 14:6) 


Jesus Cristo pode levar todos os homens até Deus. Jesus é o Caminho para se chegar até o Todo-Poderoso (não existe outro caminho). Cristo é o Único Salvador que pode nos livrar da maldição eterna. Qualquer homem que aceitar Jesus Cristo em seu coração como o seu único e suficiente Salvador será salvo. Os verdadeiros cristãos são templos do Espírito Santo e se tornam amigos de Deus através de Jesus Cristo. O sacrifício de Jesus foi o preço pago para que todos nós possamos ser salvos. A Salvação é de graça. Qualquer um pode ser salvo se buscar a Deus e se converter de seus maus caminhos. 


“Jesus respondeu e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada”. (João 14:23) 


Se as pessoas amarem a Deus acima de todas as coisas e guardarem a sua Palavra, o Altíssimo e o Messias farão morada em seus corações. Todos os homens que amam a Deus acima de tudo e obedecem aos seus mandamentos se tornam templos do Espírito Santo. Deus, Jesus Cristo, e o Espírito Santo, amam o ser humano; e querem fazer do homem a sua morada. 






“Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, porque sou humilde e manso de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. (Mateus 11:28-30) 






Todas as pessoas que estão cansadas e sobrecarregadas podem se aliviar se forem até Jesus Cristo. O Messias pode consolá-las de todo o sofrimento. O jugo de Jesus é suave e o seu fardo é leve. Não é preciso pagar promessas para alcançar bênçãos, porque Jesus já pagou o preço por nós. O sacrifício de Cristo é o suficiente para que sejamos salvos e abençoados. Então, vão até Jesus, que Ele aliviará vocês de todo o cansaço e os libertará de toda a opressão. 


Quanto mais a Igreja Cristã era perseguida, mais os cristãos se tornavam numerosos. Durante todas as perseguições que a Igreja Primitiva sofreu, mais os cristãos aumentavam em número, porque cada vez mais pessoas se convertiam. A coragem dos cristãos diante do terror da morte impressionava os pagãos, que ficaram interessados na fé que dava coragem para os cristãos encararem a morte. Os pagãos não compreendiam o porquê dos cristãos se absterem dos prazeres momentâneos da vida e morrerem por amor a um Deus invisível. Os cristãos primitivos realmente faziam a diferença na sociedade. Os primeiros cristãos amparavam os órfãos e as viúvas, e ajudavam todos os necessitados. Os cristãos primitivos amavam de verdade os seus semelhantes (até os seus próprios inimigos). Nós, cristãos atuais, temos muito que aprender com os nossos irmãos da Igreja Primitiva. Que Deus seja louvado hoje e sempre. 




sexta-feira, 28 de abril de 2017

FRASES DE FILIPE LEVI 14

Eu gosto muito dos animais, apesar de eu não ter muita paciência com eles, pois reconheço que é um grande erro meu não ter a paciência devida com os meus animais (apesar que eu não sou covarde para bater neles, menos ainda para largá-los na rua). Eu tenho nojo de pessoas que batem em cachorros e em gatos indefesos (tem muitos que adoram descer a porrada em crianças e em adolescentes em Nome de Deus também), mas o fato de alguém gostar de animais não prova que essa pessoa realmente seja boa. Muitos indianos hindus não matam animais, mas se divertem matando seres humanos só por sadismo e esporte mesmo. Adolf Hitler, além de gostar de animais, também era vegetariano e "politicamente correto", pois ele não fumava e nem bebia. Nós, devemos respeitar todo tipo de vida, tanto as vidas humanas quanto as vidas dos animais. Uma coisa é matarmos um animal para comer (nunca por esporte) ou matar um malfeitor por legítima defesa, outra coisa, é tirar vidas só por maldade e por diversão mesmo. (Filipe Levi)

O Jesus "Hippie" que pregam por aí, não é o Jesus histórico, menos ainda o Jesus da Bíblia. Essa "historinha" de que Jesus era um "Hippie e grande pacifista" não tem embasamento histórico, menos ainda base bíblia. Os "historiadores de Internet" (geralmente, Testemunhas de Jeová e evangélicos que não terminaram nem o Ensino Fundamental), adoram usar o argumento de que os cristãos primitivos não se alistavam no Exército, e por causa disso o serviço militar é do Diabo. Existem historiadores (historiadores de verdade) que até defendem a teoria de que Jesus era um líder dos zelotes (judeus revolucionários que tentavam derrubar o Império Romano do poder). Eu sei que Jesus e os apóstolos nunca apoiaram os zelotes, mas Cristo e seus fiéis apóstolos sempre defenderam a submissão as autoridades (portanto, que as autoridades não exigissem nada contra a Palavra de Deus), e Paulo e Pedro, claramente, ensinaram que a função das autoridades governamentais é punir os maus e louvar os bons. Pedro evangelizou o centurião Cornélio, e ordenou que ele fosse batizado ainda sendo um oficial romano. João Batista batizou alguns soldados e lhes incentivou a permanecerem no serviço militar, portanto, que eles fossem honestos e justos. Paulo (assim, como o profeta Daniel no Antigo Testamento) afirmou, claramente, que as autoridades governamentais são estabelecidas por Deus e que são ministros de Deus para castigar os malfeitores e para enaltecer os cidadãos de bem (sem contar que Paulo também evangelizou a Guarda Pretoriana, os Santos da Casa de César). Portanto, essa "historinha" de que Jesus e seus apóstolos eram um bando de "Hippies" pacifistas e anarquistas, não tem embasamento histórico, e menos ainda base bíblica. (Filipe Levi)

Deus não está morto!!! Jesus está vivo! A morte foi tragada pela vida! A vida venceu a morte! O bem triunfou sobre o mal. A Cruz vazia é o verdadeiro símbolo da vitória da vida sobre a morte. Eu respeito e admiro muito os valentes soldados ingleses que combateram os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, e entendo a representação da simbologia da faca encravada na caveira. Os Aliados vencerem o "Eixo do Mal" também foi uma vitória da vida sobre a morte, mas a verdadeira vitória da vida sobre a morte foi o sacrifício de Jesus na Cruz do Calvário. (Filipe Levi) 

Um grande erro dos "crentes místicos" (eu estou falando de evangélicos mesmo, e não de pessoas do mundo), é que eles acham que com feitiçaria, mandingas e misticismo podem enfrentar o Diabo. Sal grosso, fazer o sinal da cruz, usar amuleto contra mau-olhado, rosa ungida, sessão do descarrego, as mandingas da Neuza Itioka, do Daniel Mastral e da Rebecca Brown, e deixar a Bíblia aberta no Salmo 91 ou no Salmo 23 não representam nenhuma ameaça para Satanás, o Diabo. Lúcifer está rindo da cara de vocês, seus idiotas! Seus patéticos! Seus ridículos! Querem saber o que deixa o "Cramulhão" com o "ânus na mão"? Obedeçam o que a Bíblia ensina. Não se preocupem com tradições humanas e nem com liturgia religiosa, mas se importem em ter um relacionamento com Deus. Se vocês obedecerem os Mandamentos de Deus e fizerem o que a Bíblia ensina, vocês sairão vitoriosos contra o Diabo e seus anjos. Do contrário, Satanás continuará rindo da cara de vocês, seus otários!!! (Filipe Levi)

Falarei o que penso sobre essa situação caótica em que o Brasil se encontra. Antigamente, (mesmo não sendo marxista) eu apoiava as greves, mas com o tempo percebi que essas greves somente prejudicam o povo (pessoas inocentes) e não esses políticos safados (tanto de direita quanto de esquerda). Clemente de Alexandria e Tomás de Aquino defendiam a "Resistência ao Tirano", ou seja, que os povos oprimidos têm todo o direito de se rebelarem contra governos opressores. Tanto Clemente de Alexandria quanto Tomás de Aquino também defendiam a guerra justa e a legítima defesa. Uma "falsa democracia" é muito pior do que uma ditadura declarada (me refiro tanto a Ditadura Militar quanto a Ditadura do Proletariado). Quando há essa falsa democracia, os governantes corruptos prevalecem impunemente, mas quando há uma ditadura declarada, surgem levantes armados e acontece a verdadeira revolução. (Filipe Levi)


quarta-feira, 26 de abril de 2017

FRASES DE FILIPE LEVI 13

O Príncipe da Paz, também é o Senhor dos Exércitos. Deus é amor, mas também se ira em fervor. A essência de Deus é o amor, mas o seu princípio é a justiça. O Deus da Paz, também é o Deus da Guerra. O Cordeiro de Deus, também é o Leão de Judá. Jesus é o Grande Libertador de Israel, e não esse Hippie idealizado pelos evangélicos. O Jesus da Bíblia é o Messias e o verdadeiro Rei dos judeus. Cristo é o Rei legítimo de Israel. O Príncipe da Paz, também é o Senhor da Guerra. O Deus que concede Salvação por meio de sua Graça, é o mesmo que também lança os pecadores no Tártaro (Lago de Fogo). De Deus não se zomba! Deus se ira e também tem senso de justiça. (Filipe Levi)

As pessoas costumam sempre jogar a culpa em Deus pelas tragédias, catástrofes e atrocidades que acontecem no mundo. Os ateus magoadinhos com Deus nutrem um grande ódio pelo "cara lá de cima que não existe". De todos os homens maus, os homens maus religiosos são os piores. Mas, será que Deus tem culpa quando as pessoas ruins fazem mal uso do Nome d'Ele? Se as pessoas começarem a praticarem atrocidades e massacres em meu nome, isso significa que fui eu quem mandou elas fazerem isso? Claro, que não! Esses religiosos hipócritas, legalistas, fundamentalistas, fanáticos e safados não obedecem os ensinamentos que Deus ensina na Bíblia. Se os pais criam os filhos com amor e carinho (sem espancamentos, humilhações e estupro), e se esses mesmos filhos renegam os bons ensinamentos dos pais e entram na criminalidade, a culpa seria desses pais? Claro, que também não! Independente de "livre arbítrio" ou "livre agência", os homens são responsáveis por suas obras. Então, seres humanos, tenham a dignidade e a coragem de assumirem os seus próprios erros e arcarem com as consequências das merdas que vocês fazem!!! Deus não tem obrigação de abençoar e de salvar ninguém. Se Deus abençoa ou salva alguém, é porque Ele é bom e misericordioso e não porque você é "santo" e "bom pra caramba". Aconteça o que acontecer, Deus é bom. Deus continua sendo Deus. Você acreditando em Deus ou não, você prestará contas a Ele. Você acreditando no Inferno ou não, se você morrer sem Jesus, você irá para lá do mesmo jeito. O recado foi dado. (Filipe Levi)

O impressionante dos evangélicos é que eles somente gostam de divulgar o "jesus" distorcido e o "evangelho" deturpado deles. O Jesus cordeirinho e Hippie dos crentes, ou seja, o Jesus songamonga dos evangélicos. E os cristãos pacifistas e babacas que são capachos e sacos de pancadas dos outros. Eles não gostam de pregar sobre o Jesus que comia e bebia com os pecadores. Eles não gostam de pregar sobre o Jesus que xingava e julgava os religiosos hipócritas. Eles não gostam de pregar sobre o Jesus que amava os oprimidos e que se indignava com as coisas erradas e contra as injustiças que o povo sofria. Eles não gostam de pregar sobre o Jesus que desceu a chicotada num bando de religiosos hipócritas e safados, e que virou as mesas para expulsar os "ungidos do Senhor" do Templo de Jerusalém. Esses crentes não gostam de divulgar sobre os cristãos que empunham armas para combater o Boko Haram e o Estado Islâmico. Esses evangélicos não gostam de divulgar sobre os protestantes (luteranos, huguenotes e puritanos) que empunharam armas para combater a Igreja Católica na época da Reforma da Igreja. É porque ser pacifista e politicamente correto é mais fofinho e bonitinho do que fazer o que a Bíblia realmente ensina. Esses religiosos hipócritas querem ser mais santos do que próprio Jesus, o "amigo dos pecadores". Esses crentes safados querem ser mais santos do que o próprio Espírito Santo que inspirou a Bíblia, a Palavra de Deus. Esses malditos fariseus querem ser mais santos do que o próprio Yahweh, o Eterno. (Filipe Levi)
  
Quando você estiver diante de Deus no Grande Dia do Juízo, não vai adiantar você dizer a Ele "a virtude, a bondade e a honestidade não eram convenientes naquele momento". Ou "não era problema meu e eu não tinha nada a ver com isso". Quando estiver só você diante de Deus, o seu dinheiro não poderá suborná-lo. Quando estiver só você diante de Deus, o seu falso moralismo e a sua hipocrisia religiosa não poderão te defender perante a Santidade do Altíssimo. (Filipe Levi)


terça-feira, 25 de abril de 2017

FRASES DE FILIPE LEVI 12

Usar o argumento de que os filhos devem se submeter a humilhações, assédio moral e violência física por parte dos pais pelo simples fato de que os pais pagam as contas e sustentam a casa, é a mesma coisa que alegar que a mulher que apanha do marido e é traída por ele, deve se submeter a esse opressor, porque ele paga as contas e sustenta a casa. É o mesmo que dizer que as comunidades periféricas devem respeitar e defender os traficantes, porque esses bandidos ajudam o povo com cesta básica. É o mesmo que afirmar que devemos respeitar o doutor Paulo Maluf e os políticos corruptos do PT (Partido dos Trabalhadores) que porque eles fazem o "trabalho deles" não tem problema eles roubarem, porque eles roubam, mas fazem. (Filipe Levi)

Por que será que os fãs de Dragon Ball gostam tanto do Vegeta? Por que será que os fãs de Resident Evil gostam tanto do Albert Wesker? Por que será que os fãs da Turma do Gueto gostavam tanto do traficante "Jamanta"? Por que será que os fãs de Saint Seiya gostam tanto de Saga de Gêmeos? Por que será que os fãs de Bleach gostam tanto do Capitão Aizen? Por que será que os brasileiros glamorizam tanto os bandidos? Deve ser por causa da cultura maldita do "jeitinho brasileiro e do anti-herói". Esse glamour maldito pelos bandidos é algo característico do povo brasileiro. Deve ser por isso que os marginais são tão protegidos pela mídia e pelos Direitos Humanos. Deve ser por isso que a corrupção impera nesse país. Deve ser por isso que obras literárias como Macunaíma, O Primo Basílio, Memórias de Um Sargento de Milícias e Memórias Póstumas de Brás Cubas fazem tanto sucesso. (Filipe Levi)

Esses crentes ignorantes da terceira idade continuam caçoando dos adolescentes que sofrem de depressão. Ae depois que eu me irrito e falo palavrões e xingo esses caras, sou eu o SERVO DO SATANÁS. SOU EU QUE TENHO O DIABO NO CORPO. Sabe aquele ditado que "pimenta no cu dos outros é refresco"? Quando esses crentes velhos de merda ficarem com depressão eles vão entender. BANDO DE FARISEUS!!! (Filipe Levi)

Bando de pessoas idiotas que ficam caçoando dos adolescentes que se suicidam e que ficam incentivando a violência doméstica. Não é a toa que Satanás tem ceifado a vidas de vários adolescentes e jovens, com esses "velhos" filhos da puta que adoram exigir respeito, mas que não gostam de respeitar. Se acharam ruim o meu palavrão, podem me excluir, seus crentes hipócritas. Vocês adoram bancar os santos dentro das igrejas. Vocês se preocupam com liturgia religiosa e não em ter um relacionamento com Deus. Vocês, seus evangélicos safados, ficam pregando que depressão é "frescura" e adoram mandar os outros para o Inferno. Eu tenho vergonha de vocês, seus desgraçados! Eu tenho vergonha da Igreja Evangélica. Eu tenho vergonha dos evangélicos. Enquanto vocês ficam vendo Capeta onde não tem e acusando os outros e fazendo da vida deles um Inferno, o mal prevalece. Muitos jovens saem da Igreja não porque "querem curtir o pecado mesmo" ou "fazer do jeito que o Diabo gosta", mas é porque eles se decepcionaram com uns crentes velhos filhos da puta como vocês, que não vivem o Evangelho, e ainda usam o Nome de Deus para oprimir os outros, como se Deus tivesse algo a ver com toda essa merda. (Filipe Levi)

Eu e Satanás, o Diabo, estamos competindo para ver quem é o mais odiado e quem é o maior bode expiatório dos evangélicos. Nossa! Eu estou podendo, hein? Agora, o Filipe Levi é o culpado por todas as mazelas e desgraças do mundo. Muito obrigado, evangélicos, por essa promoção! Eu só acho que Satanás, não vai gostar disso, porque o Diabo odeia concorrência. (Filipe Levi)


sábado, 22 de abril de 2017

FRASES DE FILIPE LEVI 11

Várias mitologias antigas contam sobre o primeiro homem "Adam" ou "Adão". Em várias mitologias antigas se conta sobre um Dilúvio Universal que devastou a Terra. Em várias séries, seriados, desenhos, animes, jogos digitais e filmes se conta sobre um cara muito mal que se rebela contra alguém que é maior e mais poderoso do que ele, porque quer ocupar o seu lugar (em várias mitologias se conta uma história parecida). Diante de tudo isso, eu, Filipe Levi, Graduado em História e teólogo autodidata, não tenho fé para ser ateu. (Filipe Levi)

Segundo as Escrituras, a obrigação dos pais é cuidar de seus filhos e protegê-los, e não espancá-los, humilhá-los e estuprá-los!!! Segundo as Escrituras, o dever do marido é honrar e respeitar a sua esposa. O marido deve proteger e amar a sua esposa, assim como Cristo amou a Igreja se entregando por ela como sacrifício para salvá-la, e não descer o cassete nela, humilhá-la e traí-la. Segundo as Escrituras, a obrigação do pastor é cuidar e proteger suas ovelhas, porque o bom pastor está disposto a dar a sua vida pelas ovelhas, e não extorquir, explorar e fazer terrorismo gospel pra cima dos membros. Os evangélicos estão precisando ler mais a Bíblia. (Filipe Levi)

Os evangélicos sempre gostaram de legitimar a opressão. Não só eles, mas a sociedade em geral. Para essa sociedade hipócrita e Igreja falsa moralista, os mais velhos tem todo o direito de oprimir os mais jovens, porque eles detêm esse direito vitalício pelo simples fato de terem mais idade. Esse tipo de legitimação chega ao ponto de legitimar a violência física e sexual, sem contar com o assédio moral e com a agressão e humilhação verbais mesmo. Não é a toa que os fariseus do Sinédrio eram um bando de velhos safados. Que o Clero da Igreja Católica era formado por uma corja de gente velha também. Os mais novos somente devem respeitar os mais velhos, quando os mais velhos se dão ao respeito. Por que será que os pedófilos que abusam de criancinhas geralmente são velhos safados? Por que será que os políticos mais corruptos são mais velhos? Por que será que os fariseus que xingavam Jesus e o acusavam de ter o "Diabo no corpo" (fazem essa mesma acusação contra mim), eram um bando de velhos safados? Velho não é quem tem muitos anos de idade, velho é quem para de aprender e usa a idade como escudo para poder pisar, oprimir e humilhar os outros. (Filipe Levi)

A construção ideológica mais usada por Satanás atualmente para ludibriar a Igreja é a construção ideológica de que "Jesus está voltando", e por causa disso os evangélicos cruzam os braços e não fazem nada, porque é o "fim dos tempos" e a "tendência é piorar mesmo". Bando de idiotas! O Diabo conseguiu o que sempre quis, que a Igreja de Cristo se tornasse omissa e conformada e que não fizesse nada para se opor aos seus planos maléficos. Jesus pode voltar hoje como daqui há mais 2.000 anos. Parem de dar ouvidos a esses crentes loucos e pirados que ficam marcando a data da volta de Jesus. Deixem de ser idiotas, e vão ler a Bíblia!!! Vão estudar Teologia, seus trouxas!!! Nós temos a obrigação e o dever de arregaçar as mangas para ajudar as pessoas que precisam de nossa ajuda. Devemos amparar os órfãos e as viúvas. É nossa missão lutar por aqueles que não podem lutar por si mesmos. Temos que proteger os indefesos. Não nos furtemos a fazer o bem, estando em nossas mãos o poder de fazê-lo. A OMISSÃO TAMBÉM É PECADO!!! (Filipe Levi)

Eu tenho nojo de pais que tratam os seus filhos como se fossem lixo, os espancando, os humilhando e os estuprando. Tenho nojo de maridos que batem em suas esposas, que as humilham, as oprimem, as traem, e ainda estufam o peito se orgulhando de sua covardia. Muitos desses opressores são da Igreja, são religiosos que adoram usar "bordões" como "honrar os pais" e "submissão ao marido" para poderem legitimar a covardia e a opressão. (Filipe Levi)