quarta-feira, 20 de novembro de 2013

CONSPIRAÇÃO TELEVISIVA


A televisão é a maior arma do Sistema, pois a classe dominante tenta a qualquer custo impor a sua ideologia de ultra-direita através dela. Não sou marxista, tampouco, sou de esquerda, mas também me decepcionei com a direita, porque ela é extremamente preconceituosa. Não cometerei o erro (que muitos comunistas alienados cometem) em afirmar que todos os conservadores são nazistas e fascistas, mas grande parte deles é. Muitos conservadores (que são da classe média) odeiam os pobres, os negros, os homossexuais, e as mulheres. Para eles, os pobres, negros, e gays são execráveis, e as mulheres não passam de objetos para serem apenas usados e depois descartados.

A mídia é extremamente manipuladora, sensacionalista, e maquiavélica. A televisão é extremamente diabólica, e um instrumento maléfico usado pelas elites para alienar o povo e torná-lo ainda mais ignorante. O povo perece por falta de conhecimento (tanto bíblico quanto intelectual).

Nos programas televisivos (principalmente, os popularescos, isto é, de baixaria), geralmente, os participantes desses programas são pessoas negras, pobres, e barraqueiras, ou seja, é uma maneira de introduzir uma cultura extremamente racista e retrógrada. As elites querem impor para a sociedade que todos os supostos “inferiores” são desse jeito, isto é, sem classe e sem educação. Os donos das emissoras televisivas são extremamente preconceituosos e usam a TV para impor o seu preconceito.

A direita radical tenta através dos meios de comunicação manter o povo sobre controle, pois assim, fica mais fácil de expandir o seu domínio. Repito novamente, eu não sou esquerdista, porque à esquerda também me decepcionou. Eu sou conservador, apesar de não ser preconceituoso, e de não apoiar a Ditadura Militar; mas tenho que ser justo, porque como cristão e futuro historiador, tenho um compromisso sério com a verdade (seja a verdade que for).  

As novelas e os programas televisivos apenas introduzem adultério, fornicação, racismo, machismo, e homossexualismo dentro dos lares brasileiros, para poderem destruir a instituição chamada família. A mídia não é apenas uma arma da classe dominante, mas também é uma arma do Satanismo (por favor, não me comparem aos escritores hereges que somente sabem ver o Capeta em todo o lugar). Não sei se a Irmandade e os Illuminati realmente existem (não tenho provas concretas para afirmar isso), mas sei que existem pessoas mal-intencionadas a serviço de Satanás que tentam de qualquer forma destruir as famílias e a Igreja de Cristo. Tanto o Comunismo quanto a classe dominante são maléficos, porque eles tentam se manter no poder a qualquer custo. Nenhum deles é inocente. Estou criticando a extrema-direita, mas a esquerda ateísta e depravada também é demoníaca.

Hoje, sou apolítico, não defendo partido nenhum, isto é, eu não sou partidário de nenhuma ideologia política. Para mim, tanto a esquerda quanto a direita não prestam. Não estou demonizando a política, pois acredito que os cidadãos devem se engajar politicamente e lutar por seus direitos, mas somente estou afirmando que estou decepcionado com a sujeira e a corrupção do governo brasileiro. Sou totalmente contra o “jeitinho brasileiro”, que muitos escritores literários famosos defendem tanto. Prefiro ter princípios e valores estrangeiros, mas que sejam dignos, do que seguir como filosofia de vida o maldito “jeitinho brasileiro”. Atualmente, tenho quase nunca assistido televisão, pois me decepcionei com a mídia. Até a extinta Rede Manchete também tinha o seu lado podre (apesar de sua programação infantil ter sido excelente). Portanto, tenho me contaminado menos com a sujeira da mídia. Tomem muito cuidado com a televisão! Então, desliguem a TV e vão ler um livro. 

Nenhum comentário: