sábado, 28 de setembro de 2013

REDE MANCHETE


Ó, Gloriosa, por que você se foi?
Ó, Rede Manchete, por que você me abandonou?
A minha infância foi feliz graças a você
Divertia-me todas as tardes assistindo os seus desenhos e séries tokusatsus
As suas novelas me impressionavam
A sua programação era maravilhosa
Como sinto a sua falta, Rede Manchete!
Como sofro com a sua ausência, TV Manchete!
Eu daria tudo para te ter de volta
Quem me dera se você voltasse para alegrar o meu coração
Quando você surgiu, eu ainda nem era nascido, mas faltava pouco para eu nascer.
Você foi à única que desafiou o monopólio da poderosa Rede Globo
A TV Globo te temeu
No Orkut, muitos diziam que você voltaria um dia, mas era tudo mentira.
Você não voltou, Rede Manchete.
A minha infância ficou no passado, como você também.
Não sei se algum dia você voltará
Acho isso pouco provável
Quem me dera se surgisse uma emissora igual a você
Mas semelhante a você nunca haverá
Os Cavaleiros do Zodíaco não alegram mais os meus dias
O Jiraya e o Jaspion também se foram
Yusuke Urameshi e Kazuma Kuwabara desapareceram depois que você se foi
Esses heróis eram as minhas referências
A minha figura de pai estava neles
Eu torcia por tenente Aquiles e pelo cangaceiro Tirana na sua luta contra o terrível Zebedeu para poderem libertar Jatobá de seu domínio
Foi uma época muito feliz
O lado bom da minha infância foi você, querida e amada Rede Manchete.
Eu queria ser determinado como o Seiya
Desejava ser um amigo leal como o Shiryu
Almejava ser corajoso como o Hyoga
Queria ser sensível e bom como o Shun
Desejava ser forte e poderoso como o Ikki
Almejava ser como os cavaleiros de bronze, que lutavam contra o Mestre do Mal, para poderem defender o mundo e proteger a humanidade.
Um dos maiores desejos do meu coração é que você volte
Mas sei que isso é praticamente impossível
Já fui manchetista
Acreditei mesmo que você voltaria
Mas acordei para a realidade
Descobri que é melhor que você fique no passado
Hoje, a mídia é nojenta.
Ela é manipuladora, sensacionalista, e maquiavélica.
Ainda bem que você se foi
Pois assim, as boas lembranças ficarão no meu coração.
Nunca te esquecerei, querida e amada Rede Manchete.

Nenhum comentário: