segunda-feira, 12 de novembro de 2012

A MATANÇA DOS HERÓIS




“Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas. Portanto, aquele que se rebela contra a autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos. Pois os governantes não devem ser temidos, a não ser pelos que praticam o mal. Você quer viver livre do medo da autoridade? Pratique o bem, e ela o enaltecerá. Pois é serva de Deus para o seu bem. Mas se você praticar o mal, tenha medo, pois ela não porta a espada sem motivo. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal. Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência. É por isso também que vocês pagam imposto, pois as autoridades estão a serviço de Deus, sempre dedicadas a esse trabalho. Dêem a cada um o que lhe é devido: se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra”. (Romanos 13:1-7)

Infelizmente, existem cristãos alienados e obcecados pelo Diabo que somente sabem enxergar o Capeta em todo lugar. Inúmeros cristãos fingem que os problemas que assolam o mundo não têm nada a ver com eles. A Bíblia, a Palavra de Deus, é bem clara quando afirma que os cristãos além de serem cidadãos celestiais, também são cidadãos terrestres. Os cristãos têm direitos, mas também têm deveres. Os cristãos têm o direito e a obrigação de exercerem a sua cidadania. O apóstolo Paulo foi bem claro na Carta aos Romanos quando afirmou que as autoridades governamentais são estabelecidas por Deus, ou seja, os magistrados, os militares, os policiais, e os políticos, estão a serviço de Deus para o bem-estar da sociedade. Todos os cristãos devem pagar os seus impostos, porque o dinheiro dos impostos é necessário para a manutenção do Estado. As autoridades são agentes da justiça divina que têm a autorização de Deus para castigar os malfeitores, e enaltecer os cidadãos de bem. Por isso, nós devemos nos sujeitar a elas.

“Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graça, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranqüila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade”. (1 Timóteo 2:1-4)

O apóstolo Paulo também nos ensina que todos os cristãos têm o dever espiritual e moral de orar em favor dos homens investidos de autoridade. É obrigação da Igreja de Cristo interceder em favor das autoridades constituídas. Nos últimos meses, dezenas de policiais em várias regiões do Estado de São Paulo foram assassinados pelos bandidos do PCC (Primeiro Comando da Capital). A maioria desses policiais foi assassinada quando estava de folga. Parentes de policiais também foram mortos. Até ex-policiais foram executados pelos facínoras do PCC. São Paulo se encontra em um estado caótico. Há toques de recolher em várias regiões paulistas, e todos os cidadãos de bem estão sendo ameaçados por esses criminosos. A polícia, por desespero, está fazendo justiça com as próprias mãos. Há uma guerra declarada entre policiais e marginais. Nós estamos em uma época de escuridão e trevas.

“Então, alguns soldados lhe perguntaram: E nós, o que devemos fazer? Ele respondeu: Não pratiquem extorsão, nem acusem ninguém falsamente, e contentem-se com o seu salário”. (Lucas 3:14)

Muitas pessoas podem duvidar, mas existem policiais que não praticam extorsão, e que nem acusam ninguém falsamente, e que não aceitam propinas, isto é, existem policiais honestos. Muitos desses policiais são pais de família. Esses heróis têm mulheres e filhos. Os policiais arriscam as suas vidas por uma mixaria de salário para nos proteger. A maioria dos homens que entra na polícia, entra por amor a profissão, e não por dinheiro. Os militares, os policiais, e os bombeiros, são os heróis da realidade. Esses homens são heróis que pelejam como podem em prol da justiça. Para mim, os militares, os policiais, e os bombeiros, são verdadeiros heróis. Geralmente, as pessoas apenas se lembram de Deus e da polícia quando estão em perigo.

Eu convoco todos os cristãos verdadeiros para intercederem em favor das polícias do Brasil, especialmente, pela polícia paulista. Deus instituiu a polícia para combater o crime. O meu desejo é pegar uma arma e ir ajudar a polícia, mas a única coisa que posso fazer é orar. 

Nenhum comentário: