segunda-feira, 1 de outubro de 2012

SAUDADES DA TV MANCHETE



A melhor coisa que me aconteceu na minha infância foi ter conhecido a saudosa Rede Manchete. É tão gostoso escrever sobre a TV Manchete. Já escrevi muitos artigos contando sobre o caso de amor que eu tive na minha infância com a Rede Manchete. Eu fui uma criança feliz, porque na minha época de criança, a televisão prestava. Hoje, quando as pessoas (principalmente as crianças) assistem à televisão são contaminadas com a manipulação e a depravação da mídia. Infelizmente, a televisão de hoje não é nem a sombra do que foi um dia. Neste texto, quero contar novamente sobre os tempos bons da televisão brasileira, tempos gloriosos que não sei se algum dia irão voltar.

Hoje, eu costumo assistir desenhos na Internet, porque a mídia é insuportável de assistir. Na minha humilde opinião, eu acredito que o fim da televisão está próximo. Com o advento da Internet, a tendência é a mídia desaparecer. Eu acho isso até bom, pois a mídia não oferece quase nada que presta atualmente. A TV aberta é um lixo; e a TV a cabo é outra porcaria. A TV aberta serve para alienar as massas, ou seja, para distrair o “povão”. Já a TV a cabo tem decaído a cada dia que passa, porque a sua qualidade está ficando tão ruim quanto à qualidade da TV aberta. Lembro-me da época em que a TV aberta e a TV a cabo prestavam. Bons tempos eram aqueles! Infelizmente, as massas (povão) têm tido acesso a TV a cabo, por isso, a qualidade caiu tanto.

Como eu sinto falta da TV Manchete! A Rede Manchete foi à melhor coisa que aconteceu na minha vida. Lembro-me dos animes e séries tokusatsus que alegravam os meus dias. Heróis, como, por exemplo, o Jiraya, o Jaspion, o Kamen Rider Black RX, os protagonistas do anime “Yu Yu Hakusho”, e os Cybercops, eram os meus modelos. Os cavaleiros da esperança, Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão, Hyoga de Cisne, Shun de Andrômeda, e Ikki de Fênix, eram os meus heróis preferidos (apesar de que o Jiraya também foi um grande herói da minha infância). Eu sonhava em ser semelhante a esses heróis japoneses, porque eles eram as minhas referências paternas. A TV Manchete realmente me proporcionou muita alegria, pois eu era feliz na época em que a Rede Manchete ainda estava entre nós.

A TV Manchete foi à única paixão que eu tive na vida que não me decepcionou. As mulheres sempre me decepcionaram, mas a Rede Manchete apenas me proporcionou felicidade. Confesso que sinto muita tristeza quando me lembro da TV Manchete, porque fico triste quando vejo que a Rede Manchete não existe mais. Por que emissoras como a TV Tupi, a TV Excelsior, e a TV Manchete, não existem mais? E por que emissoras malditas e maquiavélicas como a Rede Globo e a Rede TV permanecem no ar? Essas são perguntas que me causam muita angústia. Não é justo que emissoras como a Rede Tupi, a Rede Excelsior, e a Rede Manchete, tenham falido. Essas emissoras proporcionavam cultura e entretenimento sadio para a população, ao contrário, das emissoras atuais. Atualmente, a TV Cultura, e a TV Gazeta, são as únicas emissoras que não passam baixaria. Eu não conhecia a Rede Gazeta, mas comecei a assisti-la há pouco tempo, e passei a admirá-la. Gosto muito do programa “Todo Seu”! Esse é um dos poucos programas que prestam da TV aberta.

As novelas da TV Manchete eram excelentes (apesar da imoralidade comum das novelas). Eu adorava a novela “Mandacaru” (que assisti novamente na Band); e também gostei de assistir no SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) as novelas “Xica da Silva”, “Pantanal” e “Dona Beija”. As novelas da Rede Manchete foram às melhores novelas da história da televisão brasileira. Apesar da promiscuidade dessas novelas, valeu à pena eu tê-las assistido. A TV Manchete foi um lindo sonho que alegrou as crianças da minha geração. Muito obrigado, Rede Manchete! Eu louvo a Deus por você ter existido. 

Nenhum comentário: