terça-feira, 27 de setembro de 2011

O TEMPO DE DEUS


“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derribar, e tempo de edificar; tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de saltar de alegria; tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de deitar fora; tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; tempo de amar, e tempo de aborrecer; tempo de guerra, e tempo de paz”. (Eclesiastes 3:1-8)

Geralmente, as pessoas têm muita dificuldade de compreender o tempo de Deus; e eu mesmo já fiquei chateado com o Todo-Poderoso (muitas vezes) por não ter compreendido o seu tempo. Com a experiência de tempo que tenho com o meu relacionamento com Deus, posso afirmar categoricamente que o tempo de Deus é perfeito. Tudo o que eu pedi para Deus, Ele realizou no tempo d’Ele. Existem três respostas que Deus pode dar para alguém: sim, não ou espera. Graças a Deus, até agora a resposta de Deus para mim foi sempre, espera.

Quando eu era adolescente, ficava desesperado, porque eu não tinha uma namorada. Hoje, não tenho mais interesse em namorar e menos ainda em me casar, mas se for da vontade de Deus que um dia eu namore ou case, eu aguardarei o tempo d’Ele. Por enquanto, eu estou muito bem sozinho.

Quando eu era criança, sonhava em praticar artes marciais, e a luta que eu mais admirava era o Kung Fu. Quando me tornei adolescente, pratiquei o Estilo Serpente. Quando me tornei jovem, tive interesse em praticar o Sanshou (Boxe Chinês) e Deus me ajudou a conseguir praticar todos os estilos que desejei praticar, isto é, Ele nunca me recriminou. Eu me decepcionei por praticar artes marciais, não por causa das lutas esportivas em si, mas, sim, devido às calúnias e acusações que sofri por causa da intolerância religiosa de evangélicos hipócritas que adoram cultuar falsos profetas.

Desde criança, eu tinha o sonho de pegar numa arma de fogo, e com dezesseis anos de idade eu quase aprendi a atirar, em Atibaia, no interior de São Paulo. Na época, eu apenas peguei num Winchester 22, mas não cheguei a pegar num revólver ou numa pistola como eu desejava ardentemente pegar. Quando fiz vinte anos de idade, consegui pegar numa pistola calibre 380 através de um amigo meu, que é policial. No tempo de Deus, esse meu sonho foi realizado. Eu ainda sonho em aprender a atirar, e se for da vontade de Deus, no tempo certo eu aprenderei a manusear armas de fogo.

Eu tinha o sonho de voltar a ver o anime “Saint Seiya” e de ver o desenho “Dragon Ball”. Eu pedi para Deus com toda a sinceridade do meu coração para que Ele me ajudasse a assistir esses desenhos. Deus é muito diferente do que o Josué Yrion e seus seguidores pregam, porque Ele realizou esse meu sonho. Ou seja, eu consegui ver os animes que desejava assistir.

Durante anos, eu desejei ter um Playstation 2, e eu não tinha condições financeiras de comprar um videogame tão caro. Mas, Deus, com a sua infinita misericórdia, me presenteou com um Playstation 2. Um amigo meu chamado Carlos, que também é policial, me deu um Playstation 2 de presente de aniversário. Agora, eu posso jogar os jogos de Super Nintendo à vontade. Deus sempre foi fiel na minha vida.

Um dos meus maiores sonhos é que surja uma TV de qualidade no Brasil, porque a baixaria está insuportável. A gloriosa Rede Manchete me fez muito feliz com os seus animes e séries tokusatsus. Não peço para Deus trazer a saudosa Rede Manchete de volta, mas apenas desejo que uma emissora de televisão semelhante à Rede Manchete surgisse para alegrar o meu coração. A televisão era a minha válvula de escape para eu me distrair da maldade dos homens, mas, agora, não tenho mais uma TV de qualidade para me distrair. Aguardarei o tempo de Deus.

Desejo também arranjar um emprego legal que seja perto de minha casa. Não faço questão de ganhar muito, mas, sim, de trabalhar num lugar que seja cheio de paz e harmonia.

Eu ainda sonho em ter um computador só meu, e sei que Deus me dará um computador no momento certo. O que eu acho mais legal em Deus, é que Ele trata as coisas importantes para mim como sendo importantes para Ele. Deus é demais.

2 comentários:

Estela disse...

oi Filipe, é isso aí continue esperando pelo tempo de Deus, que você vai alcançar o que deseja o teu coração.
Felicidades
Estela

Reflexões de Filipe Levi disse...

Obrigado pelo apoio! Valeu!