segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

VIVER E MORRER COM HONRA


Eu sempre admirei os guerreiros, porque sempre me encantei com a coragem e a bravura dos mestres na arte da guerra. Guerrear não é para qualquer um. Muitos homens nascem com a vocação para lutar; e outros aprendem a combater durante a vida. Infelizmente, eu nunca fui muito bom nas batalhas; mas desejo ardentemente me tornar num guerreiro um dia. Eu admiro muito os homens que estão dispostos a morrer por uma causa nobre. Nem todos os homens são covardes, porque existem homens que não temem a morte. Eu sempre peço a Deus para Ele me dar uma morte honrada, porque eu quero morrer com honra. Viver com honra também é muito digno.

“Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz, e da luz escuridade; põem o amargo por doce, e o doce por amargo”! (Isaías 5:20)

Infelizmente, muitos cristãos consideram o que é mal bom, e o que é bom mal. Muitos crentes consideram o errado certo, e o certo errado.

A omissão diante do mal é pecado e sempre será pecado. Passar a mão nas cabeças dos bandidos não acabará com a maldade no mundo, pelo contrário, aumentará ainda mais a violência. Onde diz na Bíblia que eu devo encobrir os erros dos outros e ser conivente com o pecado?

Eu sempre sofri muito preconceito no meio evangélico por eu gostar de artes marciais; mas, os idiotas que sempre me atacaram pedras nunca procuraram saber a verdade sobre as lutas esportivas. Esses hipócritas nunca procuraram saber se eu realmente sou idólatra e violento. Eu nunca me curvei perante quadros e estátuas; e nem saio distribuindo porradas nos outros por aí. Eu somente me curvo diante do Deus de Israel, o Deus Único. As artes marciais ensinam as pessoas a serem altamente disciplinadas; e disciplina é algo que faz falta na Igreja de Cristo.

Quase todos os cristãos nunca compreenderam o sexto mandamento “não matarás”. A tradução correta do sexto mandamento é “não assassinarás”. Os religiosos alienados usam e abusam da tradução errada desse mandamento para ficarem atacando pedras nos guerreiros que matam para se defenderem ou para protegerem os indefesos. O verbo hebraico “ratsach” usado nesse mandamento no Antigo Testamento, e o verbo grego “foneuo” usado nesse mandamento no Novo Testamento, sempre são usados para se referir ao assassinato criminoso, e nunca a legítima defesa e a pena capital. Tanto o verbo hebraico “ratsach” quanto o verbo grego “foneuo” se referem ao homicídio ilícito. Portanto, matar para se defender ou para proteger alguém não é pecado.

Os samurais (apesar da prática do ritual suicida quando eles eram derrotados) e os cavaleiros medievais eram guerreiros que tinham princípios morais e valores. Como eu gostaria de ter vivido nas épocas em que os samurais e os cavaleiros existiam.

Os militares e policiais bons e honestos, que arriscam as suas vidas para nos protegerem, também são dignos de meu respeito e admiração. O capítulo 13 da Carta aos Romanos e o capítulo 2 da Primeira Epístola de Pedro mostram qual é a função dos agentes do Estado. O dever das autoridades é castigar os malfeitores e enaltecer os que praticam o bem. Deus estabeleceu o governo para isso. A obrigação dos cristãos é intercederem em favor das autoridades governamentais para que o Estado cumpra com o seu papel, que é promover a justiça.

Viver trabalhando honestamente é louvável; e morrer lutando por uma causa nobre é algo maravilhoso. Eu quero viver e morrer lutando pelo que acredito. Eu quero ter uma vida digna e uma morte honrada. Eu quero viver e morrer com honra.

Os heróis existem com certeza. Podem acreditar. Os guerreiros que lutam pela justiça sempre surgem para combater o mal. O bem sempre vencerá o mal.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

OPERAÇÃO RESGATE


Lembro-me dos desenhos e séries que eu assistia durante a minha infância, pois naquela época a televisão era mágica. Até a qualidade das músicas era melhor. As décadas de 80 e 90 foram magníficas. Como eu me diverti durante essas épocas, porque antigamente a qualidade da TV e das músicas era infinitamente melhor. A Rede Manchete e o antigo SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) me fizeram muito feliz. A TV Cultura, com a sua programação educativa, me ensinou muitas coisas. Hoje, a baixaria e a imoralidade são os principais alicerces da televisão brasileira. A libertinagem e a depravação fazem parte do cotidiano de quem assiste a TV aberta. Neste artigo, eu pretendo desabafar, pois estou muito entristecido com a situação atual em que a mídia se encontra.

Graças a Deus, eu atualmente estou trabalhando (fazendo muitas horas extras) e, por isso, não tenho tempo para assistir televisão. Isso de certa forma me agrada, porque assim eu não me decepciono assistindo a TV aberta. A qualidade da TV a cabo caiu muito também (por isso, eu não tenho mais TV a cabo). Sinto muita falta do antigo canal Animax (que, infelizmente, não está mais entre nós). Sinto saudades do antigo Cartoon Network, quando passava o Toonami. Infelizmente, quando o Cartoon Network estava no auge de sua qualidade, eu não tinha TV a cabo, portanto, não pude usufruir muito desse canal. Eu me divertia também assistindo os seriados antigos do bloco Nick at Nite, no canal Nickelodeon.

Eu daria tudo para ter uma TV de qualidade novamente, semelhante à extinta TV Manchete. Eu tive uma infância muito feliz regada a animes e séries tokusatsus. As novelas da Rede Manchete também eram esplêndidas. A novela que mais gostei de assistir na minha vida foi à novela sobre cangaceiros chamada “Mandacaru”. As novelas “Xica da Silva”, “Pantanal” e “Dona Beija”, foram tremendamente boas também.

Os desenhos que eu assistia no antigo SBT também alegraram muito o meu coração. Eu era muito feliz quando assistia “Cavalo de Fogo”, “Street Fighter II”, “Dragon Ball”, “Liga da Justiça”, “Nossa Turma”, “Punky” e vários outros desenhos. O “Chaves” e o “Chapolin” também alegravam os meus dias. Até os programas do “Gugu” e do “Sérgio Malandro” eram mais decentes (hoje, eles apenas apresentam baixaria).

As bandas de músicas das décadas de 80 e 90 eram muito melhores do que as de hoje. Lembro-me de Legião Urbana, Capital Inicial, Cazuza e Mamonas Assassinas. Até as bandas estrangeiras de Rock eram muito boas também. A música Pop de antigamente era melhor do que a da atualidade. Sinto saudades do grupo A-ha e das antigas músicas da Madonna. O Michael Jackson deixou um vazio tremendo no mundo musical quando ele morreu. Eu sempre escuto as músicas da Alpha e da Antena 1, porque as músicas antigas me agradam. Hoje, o mundo musical é dominado pela putaria (desculpem-me pelo palavreado, mas essa é a mais pura verdade). Existem o Rap e o Funk conscientes e sociais, que são muito bons. Mas, infelizmente, muitas bandas de Rap somente fazem apologia ao crime; e muitos grupos de Funk apenas pregam a depravação sexual.

Nós, todos os brasileiros, precisamos nos unir e juntar as nossas forças para podermos lutar por uma TV de qualidade. Precisamos exigir que os músicos façam músicas decentes também, porque os nossos ouvidos não são penicos. A mídia somente oferecerá coisas decentes, quando o povo exigir coisas de qualidade. Infelizmente, o “povão” adora porcaria, por isso, a mídia nos oferece excrementos todos os dias.

Eu sonho e ainda tenho esperança de que as coisas melhorem (eu sou otimista e sonhador mesmo). Acredito que o ser humano pode ser bom, se ele renunciar o mal e aprender a amar os seus semelhantes. Eu tenho fé de que as coisas podem melhorar.

sábado, 3 de dezembro de 2011

JARDIM DA FANTASIA


Bem te vi, bem te vi
Andar por um jardim em flor
Chamando os bichos de amor
Tua boca pingava mel

Bem te quis, bem te quis
E ainda quero muito mais
Maior que a imensidão da paz
Bem maior que o sol

Onde estás?
Voei por este céu azul
Andei estradas do além
Onde estará meu bem?

Onde estás?
Nas nuvens ou na insensatez
Me beije só mais uma vez
Depois volte prá lá

Autor: Paulinho Pedra Azul

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

A GUERRA DO BEM CONTRA O MAL

(Esta história é a continuação de "Inimigos das Trevas". Eu decidi escrever esta história, porque continuei não tendo o que fazer).
Baal-Zebube, o Senhor das Moscas, foi afugentado pelos Guerreiros de Cristo, mas ele não desistiria tão fácil de seus planos maléficos. O Mestre do Mal tramava destruir a raça humana, porque o homem era a imagem e a semelhança de Deus. O Príncipe das Trevas odiava Jesus Cristo e seus seguidores, e estava disposto a tudo para alcançar o seu objetivo, que era destruir a Terra e seus habitantes.
O caos e a desordem assolavam o mundo, pois os homens se traíam e se matavam por motivos fúteis. Irmãos matavam irmãos; os pais matavam os seus filhos; e os filhos matavam os seus pais. A hipocrisia tomou conta da Igreja Cristã, e o amor se esfriou de quase todos.
A globalização unia as nações e os homens clamavam por um líder mundial que estabelecesse a lei e a ordem na Terra; mas, na verdade, o Anti-Cristo apenas trairia desgraças e maldições para todos os habitantes do mundo.
Davi e seus amigos faziam a diferença na sociedade, porque eles eram extremamente honestos e justos. Esses heróis faziam justiça e protegiam os indefesos. O Herói sempre sonhou em ser policial, e quando realizou o seu sonho, ele prometeu para si mesmo que usaria as suas habilidades de combate para defender os fracos e oprimidos.
Alguns guerreiros que pertenciam à organização satânica, Caveiras e Ossos, desejavam ardentemente se vingar dos Guerreiros de Cristo, porque esses guerreiros cristãos haviam derrotado esses malfeitores. Loki, Hazael, Cronos, Orfeu, Scarface e Naga, sob o comando de Baal-Zebube, acreditavam que se vingariam dos heróis que sempre estragavam os planos do Príncipe das Trevas, que constantemente investia contra os jovens e as crianças, e tinha como alvo prioritário destruir a instituição chamada família.
Os Illuminati continuavam sendo liderados por Drakon, o Terrível, que mesmo encarcerado ainda ditava as regras. Os Illuminati se infiltravam nos governos e nas igrejas para, assim, conseguirem conquistar o mundo. Esses malfeitores pretendiam espalhar um vírus mortal sobre a Terra para dizimar a maior parte da humanidade, porque tendo poucas pessoas vivendo no mundo ficaria mais fácil de controlá-las.
Baal-Zebube soltou um crocodilo gigante na Capital de São Paulo, conhecido como Leviatã. Esse réptil gigantesco tinha 15 metros de comprimento e ele vagava pelos esgotos da cidade espalhando o terror por onde passava.
O Cristianismo era ameaçado constantemente pelas forças do mal, e muitas vezes eram os falsos cristãos que ameaçavam a Igreja de Cristo através de suas doutrinas que eram preceitos de homens. Alguns “ex-satanistas” traziam doutrinas de demônios para dentro das igrejas e demonizavam tudo o que encontravam pelo caminho. Os apologistas sérios combatiam as heresias ferozmente, mas, infelizmente, quase todos os cristãos (principalmente os pentecostais) eram ludibriados facilmente pelos falsos profetas.
Os homens esqueceram o que era honra. Honestidade, lealdade, dignidade e coragem eram virtudes que os homens não conheciam mais. Existiam poucos homens que faziam a diferença (poucos mesmo).
Jeú e Davi estavam dentro de um trem indo para Mogi das Cruzes quando viram dois punks sendo cercados por três skinheads. O militar não suportava os neonazistas, porque ele era judeu.
Os skinheads portavam armas brancas, e um deles portava um revólver Magnum calibre 44 também. Esses neonazistas estavam decididos a matar aqueles punks.
Jeú se aproximou dos skinheads e disse:
__Têm algum problema aí rapazes?
__Quem é você?
__Eu sou um judeu que está louco para dar uma coça em vocês.
Os neonazistas cercaram o militar e ficaram em posição de combate. O neonazista que estava armado com o revólver apontou a arma para Jeú.
Davi entrou na frente de seu amigo e falou.
__Se quiser matá-lo, terá que atirar em mim primeiro.
__Você vai morrer.
__Eu tenho peito de aço. Pode atirar que eu não morro.
O skinhead engatilhou a arma e quando ia disparar foi desarmado por Davi que lhe tomou a arma rapidamente e desferiu um soco direto em seu rosto o derrubando.
Jeú desferiu um chute faca no estômago de um deles. O comparsa tentou agarrar o militar, mas o herói lhe segurou desferindo várias joelhadas em seu abdômen e um soco gancho em seu queixo o fazendo cair com tudo no chão. O neonazista que foi golpeado pelo chute tentou golpear Jeú com socos e chutes, mas o militar se esquivou de todos os golpes e ria do agressor.
__Eu vou acabar com você, seu judeuzinho de merda!
__Você não é da raça superior? Então, por que não consegue me acertar?
O skinhead tentou golpeá-lo novamente e Jeú desferiu um soco uke em seu estômago e vários socos cruzados em sua cara o nocauteando.
O neonazista que foi desarmado por Davi se levantou irado e avançou no Herói com a intenção de massacrá-lo, mas foi ele próprio que acabou sendo massacrado de tantos golpes que recebeu.
Os punks agradeceram os heróis por tê-los salvados e desceram na estação seguinte. Os punks e os skinheads eram rivais e constantemente brigavam uns com os outros. Algumas ramificações dos skinheads perseguiam os judeus, os negros, os nordestinos e os homossexuais. Esses neonazistas eram intolerantes e não poupavam nenhuma de suas vítimas. Nesse caso, os heróis impediram uma tragédia.
__Ainda bem que chegamos a tempo, Jeú.
__Eu odeio esses neonazistas desgraçados.
__Adolf Hitler morreu e está queimando no Inferno, mas os seus seguidores ainda continuam atormentando a humanidade. Os neonazistas são execráveis.
__Por causa da intolerância racial, inúmeras vidas inocentes já foram exterminadas.
__Alguém precisa dar um basta para que esses palhaços desocupados não importunem mais a sociedade.
__Eu dedicarei a minha vida para combater esses neonazistas vagabundos que não têm o que fazer da vida e ficam perseguindo os outros.
__Pode contar comigo para isso, meu amigo.
Os capangas de Baal-Zebube desafiaram os Guerreiros de Cristo para uma batalha e eles se encontraram próximo ao palácio do Senhor das Moscas.
Davi, Jeú, Apolo, Shiro, Alexandre e Ciro foram cercados pelos vilões. Davi enfrentou Naga; Jeú lutou contra Hazael; Apolo pelejou contra Loki; Shiro brigou com Scarface; Alexandre batalhou contra Cronos; e Ciro foi o adversário de Orfeu.
O Rei do Mal estava sentado em seu trono decidido a exterminar os Guerreiros de Cristo, e expandir o seu reinado de terror sobre o mundo. Satanás pretendia transformar a Terra num novo Inferno.
Loki, o deus do fogo, lançou vários furacões de fogo na direção de Apolo e o capoeirista se esquivou das magias e desferiu diversos tipos de chutes em Loki, que se enfureceu lhe socando várias vezes.
__Eu irei carbonizar cada parte de seu corpo até não sobrar nada. Hahahahaha.
__Você será derrotado antes que isso aconteça.
Naga lançou várias rajadas de gelo na direção de Davi com a intenção de congelá-lo e o Herói se esquivou das magias e sacou a sua pistola Glock calibre 9mm efetuando alguns disparos em seu oponente. Naga estava revestido por uma armadura feita de diamante, por isso, as balas não lhe causaram nenhum dano.
__Eu sou imune aos seus disparos graças a minha armadura. Armas convencionais não funcionam comigo, garoto.
__Então, pelo visto, terei que resolver essa parada na porrada mesmo.
Davi avançou em Naga e ambos trocaram socos e chutes ferindo um ao outro. O Herói era um lutador profissional, mas Naga estava em vantagem por causa de sua armadura feita de diamante, que era extremamente resistente.
Jeú partiu para cima de Hazael e o vilão o paralisou com a sua telecinese e o arremessou contra uma árvore. O militar avançava, mas sempre era paralisado e arremessado longe.
__Desista, capitão! Você não tem nenhuma chance comigo. Eu sou muito mais poderoso do que você.
__Não me menospreze, Hazael. Já derrotei vilões mais poderosos do que você. Você é um monte de esterco comparado a eles.
Jeú, através de sua força de vontade, conseguiu se mexer e golpear várias vezes o seu adversário com socos e chutes em todo o seu corpo.
Scarface, através de uma ilusão, se multiplicou e lançou vários raios em Shiro, que foi derrubado com tudo no chão. O guerreiro cristão se levantou desembainhando a sua Katana e o feiticeiro também desembainhou a sua espada.
__Eu irei cortar a sua cabeça e jogar a sua carcaça no campo para os animais comerem.
__Não, se eu te decapitar primeiro.
__Pelo jeito, você confia mesmo em suas habilidades.
__Eu odeio sujar as minhas mãos com sangue, mas vejo que nessa situação não tenho alternativa.
Shiro e Scarface duelaram um com o outro dando o melhor de si. Esses guerreiros eram mestres na arte da espada e estavam dispostos a matar um ao outro nessa batalha.
Cronos, através de seu poder maléfico, causou vários desastres naturais dizimando muitas vidas. Alexandre desferiu um chute frontal no tórax de Cronos e o derrubou. O vilão se levantou furioso e avançou em seu oponente. Os dois guerreiros pelejaram disputando para ver quem era o melhor.
__Você não pode comigo!
__Eu posso sim!
Orfeu tocava a sua harpa e através de sua melodia macabra ele encantava Ciro. O Mestiço se distraía com a música e quando percebeu que estava sendo ludibriado, as cordas da harpa de Orfeu se esticaram e o prenderam começando a dilacerar o seu corpo.
__Experimente o meu Réquiem de Cordas!
__Já me enjoei da sua música.
Ciro, o Caçador, exibiu as suas lâminas de prata, cortando as cordas mortais, e soltou uma poderosa descarga elétrica em Orfeu o derrubando.
Os Guerreiros de Cristo da fraqueza tiraram forças e na batalha se esforçaram conseguindo derrotar os vilões.
De repente, uma luz resplandecente tomou conta do local quase cegando os heróis. Baal-Zebube, o Senhor das Moscas, surgiu do meio da luz, e ele tinha cabelos longos loiros e olhos azuis. O Rei do Inferno era alto e branco, o mais belo de todos os anjos.
__Vocês conseguiram derrotar os meus guerreiros novamente, mas, agora, a peleja será comigo.
Em outro local da cidade, Leviatã aterrorizava a população. Rogério (o policial militar que era amigo de Davi), armado com uma Shotgun, atraiu o crocodilo gigante até próximo a um cilindro de gás. Leviatã já havia matado dezenas de pessoas quando buscava alimentos pelos cantos da cidade. O oficial da Polícia Militar fez o crocodilo gigante morder o cilindro de gás o deixando preso em sua enorme boca. Rogério apontou a arma para Leviatã e efetuou um disparo certeiro que atingiu o cilindro de gás fazendo a cabeça do crocodilo gigante explodir. Assim, Leviatã foi derrotado.
O Diabo, se movimentando na velocidade da luz, golpeou diversas vezes os Guerreiros de Cristo e se esquivava de seus ataques com muita eficiência.
Abadom, o Destruidor, chegou, logo, em seguida, para ajudar os seus companheiros. Lúcifer e Abadom pelejaram ferozmente e o Destruidor acabou sendo arremessado contra a parede e ficou muito ferido devido aos golpes que recebeu.
__Vocês não podem comigo! Ninguém pode comigo! Hahahahahahahahahaha.
Davi avançou no Mestre do Mal conseguindo acertar um chute lateral e uma giratória em sua cara. O Senhor do Escuro o agarrou na traquéia e o suspendeu no ar.
__Você já está se tornando irritante sempre me afrontando e desafiando o meu poder. Você ainda não percebeu que você é apenas um inseto, e eu sou um deus?
__Você já tentou me matar antes, e não teve competência para terminar o serviço.
__Agora, você saberá a diferença entre um verme e um deus.
Satanás, o Diabo, arremessou o Herói longe e concentrou o seu poder maligno e falou:
__Vocês terão a honra de conhecerem a minha verdadeira forma.
O arquiinimigo de Deus e seus servos se transformou num dragão vermelho gigantesco que tinha sete cabeças e dez chifres em cada cabeça. Esse dragão era tão grande quanto o mais alto dos dinossauros.
Ciro, o Caçador, lançou várias bolas de energia elétrica no dragão, que continuou cuspindo fogo na direção dos heróis.
Abadom, o Destruidor, se levantou com dificuldade e lançou vários raios de luz e várias cápsulas de energia no grande dragão vermelho.
O Mestiço e o Destruidor insistiram nos ataques enfraquecendo o dragão, que começou a ficar cambaleante.
Os demais guerreiros cristãos pegaram as suas armas de fogo e efetuaram diversos disparos no monstrengo.
Os Guerreiros de Cristo corriam se esquivando das chamas mortais e insistiam nos ataques até que fizeram o dragão desistir de continuar lutando e fugir.
O Príncipe das Trevas fugiu, porque os Guerreiros de Cristo foram persistentes e resistiram ao Diabo o fazendo bater as suas duas grandes asas e fugir voando pelo céu.
Os capangas de Lúcifer foram capturados pelas autoridades e encarcerados para não ameaçarem mais a sociedade. Não demoraria muito tempo para o Anti-Cristo chegar ao poder e espalhar o seu reinado de terror, mas os Guerreiros de Cristo estariam preparados para resisti-lo fazendo o bem prevalecer sobre o mal.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

O PECADO DA OMISSÃO


“Qualquer pessoa é criminosa quando promove uma guerra evitável, e também o é quando não promove uma guerra inevitável”. (José Martí)

Às vezes para se chegar à paz, é preciso passar pela guerra; e desistir de lutar não impedirá os malfeitores de praticarem as suas maldades.

A impunidade gera a violência, porque se os bandidos souberem que ficarão impunes de seus crimes, eles se sentirão mais a vontade para continuarem a praticá-los.

Os seres humanos são homicidas por natureza, pois desde o princípio dos tempos, os homens derramam o seu próprio sangue. A humanidade procura a sua própria destruição e ainda chamam isso de civilização.

“Não são aqueles que praticam o mal que tornam o mundo insuportável, mas, sim, os que vêem e nada fazem”. (Albert Einstein)

Os pacifistas podem querer a paz, mas os bandidos não a querem; e se omitir diante da maldade não acabará com a violência, porque os malfeitores continuarão propagando o mal.

Se alguma mulher estiver sendo violentada na minha frente, tenho a obrigação de defendê-la; e se alguma criança estiver sendo espancada na minha frente, tenho a obrigação de protegê-la.

“Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz, nisso está pecando”. (Tiago 4:17)

A própria Palavra de Deus nos ensina que não devemos nos omitir perante o mal, porque é nossa obrigação ajudar as pessoas quando elas precisam. Se eu posso defender um inocente de um malfeitor, eu devo fazer isso, senão, eu estarei pecando. Esse papo furado do Diabo de que não devemos resistir ao mal (os fariseus usam versículos bíblicos fora de contexto para pregarem essa asneira) não é bíblico, pois o que Satanás gosta é que os cristãos se omitam diante das coisas erradas mesmo.

Infelizmente, a omissão é um dos principais alicerces da Igreja Cristã, e isso não agrada a Deus. Os cristãos em vez de orarem pelos governantes ficam praguejando contra eles. A obrigação da Igreja de Cristo é amparar os órfãos e as viúvas. A Igreja Evangélica deve se engajar politicamente e se envolver com as causas sociais.

Deus instituiu as autoridades governamentais para vingarem e protegerem o povo. O Altíssimo autorizou o Estado a usar a espada para castigar os malfeitores. O governo legalmente constituído tem a obrigação de suprir as necessidades básicas do povo, como, por exemplo, segurança, educação, saúde e moradia.

“Mas o juízo se converterá em justiça, e segui-la-ão todos os de coração reto. Quem se levantará a meu favor, contra os perversos? Quem estará comigo contra os que praticam a iniqüidade? Se não fora o auxílio do Senhor, já a minha alma estaria na região do silêncio”. (Salmo 94:15-17)

Eu tenho orado incansavelmente por homens investidos de autoridade que desafiam o crime organizado. Eu intercedo em favor desses verdadeiros heróis para que eles continuem combatendo o crime e protegendo os cidadãos de bem. Já que a Igreja Cristã não faz isso, então, eu faço.

“A única coisa necessária para que o mal triunfe é os homens de bem não fazerem absolutamente nada”. (Edmund Burke)

A pessoa que se omite diante do mal é tão culpada quanto à pessoa que pratica o mal. Não devemos ser insensíveis e apáticos perante o sofrimento dos inocentes, mas, sim, devemos pelejar em favor dos indefesos e protegê-los de todo mal. A vontade de Deus é que as forças do bem prevaleçam sobre as forças do mal.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

A MALDADE DO HOMEM


A crueldade do homem tem entristecido muito o meu coração. Os homens se traem e se matam por motivos fúteis. Vejo irmão matando irmão; pai matando filho; e filho matando pai. A maldade do homem me ofende. Eu me sinto agredido pelo sadismo dos seres humanos. Eu me sinto como um extraterrestre nesse mundo (na verdade, até dentro da Igreja Cristã eu me sinto um ET). Os evangélicos erram em não conhecerem as Escrituras Sagradas; e por causa disso, o Diabo tem ganhado terreno dentro da Igreja. Muitos crentes têm adquirido as características de Satanás, pois eles são soberbos, arrogantes, prepotentes, mentirosos, caluniadores, falsos, opressores, ladrões, sádicos, e se fazem de bonzinhos para enganarem os tolos.

Infelizmente, a Igreja de Cristo sempre foi movida a tribulação; e o seu combustível sempre foi à provação; pois quando os cristãos estão em paz, eles se esfriam e se esquecem dos mandamentos de Deus. No Antigo Testamento, o povo de Deus somente buscava o Todo-Poderoso quando estava em guerra ou quando era escravizado. No Novo Testamento, os cristãos apenas buscam a Deus perante perseguições implacáveis de reinos, impérios e governos ditatoriais. Infelizmente, quando a Igreja Cristã não é perseguida, os cristãos começam a levar as coisas de Deus na brincadeira.

A Igreja se transformou num chiqueiro imundo; e a podridão é tão devastadora, que me enoja conviver com tanta hipocrisia. As pérolas são despedaçadas pelos porcos e as coisas santas são destroçadas pelos cães.

O Órgão de Direitos Humanos somente se importa em defender os direitos dos bandidos e se esquece dos cidadãos de bem que trabalham honestamente para sustentar esse país. Os policiais ganham uma mixaria de salário para arriscarem as suas vidas para manterem a lei e a ordem na sociedade; e ainda são desrespeitados e desvalorizados pelas pessoas. Fico triste ao ver “cristãos” se comoverem quando os bandidos morrem, mas quando os inocentes são torturados e assassinados, esses religiosos simplesmente são apáticos diante de seu sofrimento.

Já chorei inúmeras vezes por sonhar com um mundo e uma Igreja melhor, mas tenho perdido as esperanças. Quase todos os políticos são desonestos e apenas se preocupam em ferrar com o povo (existem políticos honestos, mas eles são a minoria). Os deputados e senadores não criam leis mais duras contra os criminosos, pelo contrário, eles criam leis que beneficiam os malfeitores. A impunidade reina no Brasil, e, por isso, a criminalidade aumenta a cada dia que passa. Os pacifistas alienados que querem desarmar os cidadãos de bem estão cooperando com o crime, porque os marginais continuarão armados, roubando, estuprando, e matando. Os delinqüentes querem que ninguém se oponha a eles, pois, assim, eles prevalecem. Juízes, promotores, políticos e policiais honestos são jurados de morte, porque eles arriscam as suas vidas para lutarem por um Brasil melhor.

Hoje, os homens esqueceram o que é honra. Honestidade, lealdade, dignidade e coragem são virtudes que os homens não conhecem mais. Os homens se dizem civilizados, mas procuram a sua própria destruição. Há poucos homens que ainda fazem a diferença no mundo (poucos mesmo).

O responsável pelo caos e a desordem que assolam o mundo se chama pecado. O pecado afasta os homens de Deus; mas, Jesus Cristo pode tornar os homens amigos de Deus. Jesus Cristo é o Único Caminho para se chegar até Deus (não existe outro caminho). Somente a Graça de Deus pode mudar o coração do homem, tornando o ser humano digno da vida. Eu acredito em Deus, e também acredito no homem. Eu creio que o ser humano pode ser bom, se ele buscar a Deus e renunciar o mal.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

POR UMA TV DE QUALIDADE


Lembro-me dos anos 80 e 90 quando a qualidade da TV brasileira era extremamente boa. Não tive a honra de conhecer a TV Tupi e a Rede Excelsior, mas tive o imenso prazer de conhecer a saudosa Rede Manchete. Bons tempos eram aqueles em que eu assistia a TV Manchete. Eu me divertia muito assistindo as séries tokusatsus e os animes que passavam na gloriosa Rede Manchete. Os heróis da TV Manchete eram bons exemplos para serem seguidos.

Lembro-me também do antigo SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) que alegrava os meus dias com desenhos das décadas de 80 e 90; e também me divertia assistindo Chapolin e Chaves (na verdade, eu assisto Chapolin e Chaves até hoje). Os programas do Silvio Santos (Senor Abravanel) também alegravam os meus dias, mas, hoje, a qualidade caiu bastante. A Praça é Nossa era muito engraçada, mas, agora, os artistas desse programa somente sabem fazer piadinhas maliciosas para ganhar ibope.

Eu me alegrei muito assistindo a Rede Bandeirantes também, porque eu adorava o programa “Band Kids” apresentado pela “Kira”, uma oriental muito linda. Não sei o porquê da Band ter tirado esse programa e depois trazê-lo de volta com uma péssima qualidade. Eu me divertia assistindo o “Dragon Ball Z” e o “Bucky”, mas, infelizmente, esses desenhos não passam mais. A Rede Bandeirantes chegou a passar o anime “Saint Seiya” também, mas depois tirou esse desenho da programação. Anos depois, essa emissora medíocre voltou a passar “Os Cavaleiros do Zodíaco”, mas mudou o horário desse anime para de manhã (eu odeio acordar cedo para assistir desenho).

Infelizmente, a população brasileira está passando por um processo de idiotização das massas, porque o povo brasileiro está ficando a cada dia mais idiota. Eu lamento muito ver a baixaria tomando conta da televisão brasileira. Fico indignado ao ver humoristas ofendendo e desrespeitando as pessoas para poderem ser engraçados. Já estou cansado de ver libertinagem e imoralidade nas novelas (que são de péssima qualidade). Hoje, a mídia quer empurrar goela abaixo o homossexualismo como se isso fosse algo natural (quero deixar bem claro, que tenho amigos homossexuais e não sou homofóbico, mas é errado ficar fazendo apologia a esse tipo de coisa). Eu acho que os homossexuais devem ser respeitados como cidadãos e seres humanos, mas eu não sou obrigado a concordar com o que eles fazem. Eu odeio grupos racistas e homofóbicos que pregam o Nazismo, porque sou totalmente contra a perseguir e maltratar os gays. Todas as pessoas têm o direito de escolher o que quiserem na vida (inclusive, serem homossexuais). Portanto, não desejo o mal dos gays, mas eu também não sou obrigado a apoiar a manipulação que a mídia faz em relação ao homossexualismo.

Como a Rede Manchete faz falta, porque essa emissora foi à melhor que já existiu no Brasil. Lembro-me das novelas da TV Manchete, como, por exemplo, Dona Beija, Pantanal, Xica da Silva e Mandacaru (essas foram as novelas que eu mais gostei) que me emocionavam. Hoje, as novelas são repetitivas e sem criatividade, ou seja, elas são chatas mesmo.

Eu sonho com uma TV de qualidade e tenho esperança que a televisão vai melhorar. Se o governo investir mais em educação e valorizar programas de boa qualidade, com certeza a mídia se sentirá obrigada a passar programas que prestem. Os canais do Estado são excelentes; e a mídia deveria seguir o exemplo do governo para fazer programas educativos que acrescentem algo de útil na cultura brasileira.

Hoje, a televisão é uma porcaria, mas ela pode mudar. Se o povo se unir e deixar de apoiar a baixaria, as coisas podem mudar para melhor. Ainda há esperança. Eu tenho fé de que a qualidade da TV pode melhorar, isto é, voltar a ser como era antes.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

DIREITOS HUMANOS PARA HUMANOS DIREITOS


No passado, eu era esquerdista, mas, hoje, tenho me identificado mais com a direita. Quero deixar bem claro, que não sou rico e jamais apoiaria um regime execrável como a Ditadura Militar. Mas, muitos esquerdistas têm pregado coisas que Karl Marx nunca ensinou, como, por exemplo, a legalização das drogas, a depravação sexual e a defesa compulsiva em favor dos bandidos. O que mais me incomoda na esquerda brasileira é a tara que muitos esquerdistas têm por proteger os marginais e pouco se importam com os inocentes que são vitimados pelos criminosos.

Eu sempre admirei o Che Guevara e o Carlos Lamarca, porque realmente acredito que eles eram homens bons que queriam mudar o mundo da maneira deles. Mas, o que eu acho mais ridículo é ver muitos esquerdistas pregarem que são a favor das revoluções armadas contra ditaduras, mas apóiam o desarmamento. Pelo que eu saiba, revoluções armadas são feitas através das armas e não através de buquês de flores. Muitos esquerdistas pregam que os cidadãos de bem não podem portar armas, porque é obrigação do Estado protegê-los; mas, eles mesmos pregam que a polícia não presta pelo simples fato dela ser positivista. Isso é incoerência demais para eu entender.

Eu acho que o ex-presidente Lula foi um excelente presidente (eu posso ser de direita agora, mas isso não quer dizer que eu seja alienado); e também acredito que a presidenta Dilma é muito competente. Mas, estou muito decepcionado com a esquerda brasileira. Na China e em Cuba, os bandidos são punidos severamente; mas, aqui no Brasil, os marginais são defendidos pelos esquerdistas. Isso me dá nojo.

O Órgão de Direitos Humanos somente se preocupa em proteger os direitos dos bandidos e se esquece dos inocentes que trabalham honestamente para sustentar esse país. Por que o Órgão de Direitos Humanos não se preocupa em defender os direitos dos cidadãos de bem e dos policiais que arriscam as suas vidas por uma mixaria de salário para poderem manter a lei e a ordem na sociedade? Infelizmente, o crime compensa no Brasil; porque é mais vantajoso ser desonesto do que ser honesto nesse país onde a impunidade prevalece.

“O que justifica o perverso e o que condena o justo, abomináveis são para o Senhor, tanto um como o outro”. (Provérbios 17:15)

A população brasileira tem passado por um processo de idiotização das massas, tanto no meio incrédulo como dentro da Igreja Cristã. Tanto cristãos quanto incrédulos geralmente têm uma tendência em exaltar o mal, ou seja, em defender os vilões. Tanto no mundo quanto na Igreja, as pessoas tendem a defender o errado e o depravado. Já cansei de ver Testemunhas de Jeová e evangélicos defenderem os bandidos dizendo que eles são uns coitadinhos. O interessante desses alienados, é que para eles sempre o malfeitor é o coitadinho e a vítima é sempre a culpada.

No capítulo 13 da Carta aos Romanos e no capítulo 2 da Primeira Epístola de Pedro, Deus mostra qual é a função do governo. Tanto o apóstolo Pedro quanto o apóstolo Paulo afirmaram que o Estado tem a autorização de Deus para castigar os criminosos. Infelizmente, existem “cristãos pacifistas” que ignoram isso descaradamente. Essa historinha de que o dever das autoridades é ressocializar os bandidos é anti-bíblica, porque a Bíblia é clara (inclusive, no Novo Testamento) quando afirma que o dever do Estado é punir os culpados, isto é, a função do governo é retribuir as obras que os delinqüentes praticam. Os bandidos precisam ser castigados para aprenderem a não cometer mais crimes. A justiça deve ser punitiva e não ressocializadora.

Desculpem-me se fui rude no que escrevi, mas já estou cansado de ver tanta impunidade. Eu apenas quero que a justiça prevaleça nesse país injusto.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

INIMIGOS DAS TREVAS

(Essa história é a continuação de "A Vingança dos Condenados", e decidi escrevê-la, porque não tinha nada para fazer).
Faltava pouco tempo para a humanidade conseguir o que sempre quis, um mundo sem Deus. Os Illuminati já preparavam o caminho para o Anti-Cristo chegar ao poder. Os sinais do final dos tempos eram bastante visíveis para as pessoas que conheciam a Bíblia, principalmente, o livro do Apocalipse.
A Primavera Árabe impactava o mundo, pois os povos árabes não suportavam mais viverem debaixo da opressão de ditadores cruéis.
As potências mundiais sofriam sérios problemas financeiros e o mundo clamava por um líder mundial que acabasse com essa crise global.
Nos três primeiros séculos, a Igreja Primitiva acreditava que o Império Romano era o governo do Anti-Cristo, ou seja, os cristãos primitivos acreditavam que estavam passando pela Grande Tribulação e de que Jesus Cristo voltaria naquela época, mas Ele não voltou. Durante todas as gerações, os cristãos acreditaram que Jesus voltaria, mas o Messias não retornou até agora.
Em meados do século XXI, o Anti-Cristo se revelaria e alcançaria o poder unindo todas as nações sob seu comando. Satanás tentaria novamente dar um golpe de Estado e tomar o poder no Céu, mas o arcanjo Miguel e seus anjos o expulsariam como fizeram no passado. Depois dessa nova expulsão, o Diabo descontaria a sua fúria na humanidade fazendo, assim, começar a Grande Tribulação. O Demônio odiava o ser humano e o seu principal alvo era destruir a instituição chamada família. Lúcifer atacava principalmente os jovens e as crianças para, assim, destruir as gerações futuras.
Quatro guerreiros especiais que serviam a Baal-Zebube se preparavam para eliminar os Guerreiros de Cristo. Eles se julgavam serem os Cavaleiros do Apocalipse. O Cavaleiro Branco, o Cavaleiro Vermelho, o Cavaleiro Preto e o Cavaleiro Amarelo. Esses eram os guerreiros designados pelo Senhor das Moscas para destruírem todos os cristãos que ousassem se opor ao seu domínio.
O Cavaleiro Branco trajava vestimentas brancas como a neve e carregava um arco mágico que atirava flechas inflamadas e ele usava uma máscara.
O Cavaleiro Vermelho trajava vestimentas vermelhas como o sangue e empunhava uma grande espada. Ele era um perito na arte da guerra e sentia prazer em matar.
O Cavaleiro Preto trajava vestimentas pretas e segurava uma balança. Ele era extremamente cruel e não poupava nenhum de seus adversários.
O Cavaleiro Amarelo parecia um leproso, pois a sua aparência era semelhante à de um homem em decomposição. Ele carregava uma jarra onde guardava a peste dentro para assolar os homens com a pestilência.
Outros dois guerreiros que serviam a Baal-Zebube também auxiliariam os Cavaleiros do Apocalipse.
Semeador do Caos trajava roupas negras e carregava uma foice que ele usava para decapitar os seus inimigos. Esse guerreiro era um feiticeiro extremamente poderoso e estava ansioso para matar os Guerreiros de Cristo.
Sádico era um homem-morcego ávido por sangue que foi criado por William, o Shimera; mas havia sido libertado do laboratório desse cientista há pouco tempo e, agora, servia ao Senhor das Moscas.
Esses seis guerreiros macabros eram os capangas mais fiéis a Baal-Zebube, e eles tramavam assolar a Terra e destruir todas as pessoas (principalmente os cristãos) que encontrassem pelo caminho.
Davi e seus amigos já sabiam dos planos de Satanás e se prepararam para a grande batalha que estava por vir.
Em uma residência localizada no bairro Vila Rubi, na Zona Sul da Capital de São Paulo, três assaltantes faziam um casal de jovens refém. Dimas, Vítor e Marcos eram bandidos sádicos que não queriam apenas roubá-los, mas, sim, também judiar deles. Marcos empunhava uma pistola Glock calibre 380; Dimas segurava uma pistola Taurus calibre 765; e Vítor empunhava um revólver Smith & Wesson calibre 38.
Davi passava pelo local e percebeu que havia um movimento suspeito dentro da casa e pulou o muro entrando na residência para verificar o que estava acontecendo.
Os meliantes amarraram o rapaz em uma cadeira e o espancaram. Marcos ficou torturando o jovem, enquanto Vítor e Dimas levaram a garota para o quarto do casal para estuprá-la. Os dois estupradores obrigaram a moça a tirar as suas roupas e quando iam começar a violentá-la, um punhal foi lançado e encravado na garganta de Dimas. O bandido ferido ficou se debatendo até cair morto no chão.
__Quem está aí?
Vítor se virou engatilhando a sua arma e o Herói segurou firmemente a roleta do revólver impedindo a arma de disparar.
__Quem é você?
__Sou seu inimigo.
O agente federal desferiu um soco uke em seu estômago e um soco direto em sua cara o derrubando e ficou com a arma do criminoso.
O delinqüente puxou um canivete do bolso e quando tentou se levantar levou um tiro certeiro na fronte e morreu.
Marcos ouviu o disparo e se escondeu aguardando o invasor aparecer e pretendia surpreendê-lo com o fator surpresa.
Davi guardou o revólver na cintura e pegou a pistola de Dimas e foi até a sala onde estava o líder da quadrilha, e viu o dono da casa todo ensangüentado sentado numa cadeira e perguntou:
__Você está bem?
O Herói se aproximou do moribundo e a vítima gritou dizendo?
__Cuidado! Atrás de você!
Marcos saiu de seu esconderijo e mirou nas costas de Davi, mas o Herói foi mais rápido e se jogou no chão se virando efetuando cinco disparos que atingiram o abdômen do bandido que caiu para trás morto.
__Muito obrigado pelo aviso!
__Sou eu que agradeço.
__Espere um momento que eu já vou soltar você.
__Cadê a minha esposa?
__A sua esposa está bem. Eu a salvei daqueles crápulas.
__Nem sei como agradecer isso o que você fez pela gente.
O policial soltou o jovem e disse:
__Não foi nada. Não fiz mais do que a minha obrigação. Eu entrei na polícia para isso mesmo. Eu sempre quis proteger os inocentes.
O casal de jovens ficou muito agradecido por ter sido salvo. A Polícia Militar e a Polícia Civil foram chamadas e tudo ficou bem. O rapaz foi levado para o hospital e se recuperou dos ferimentos causados pelos golpes desferidos pelos marginais.
Davi saiu do local e foi se encontrar com os seus companheiros e soube que os guerreiros das trevas destruíram toda a cidade. Os heróis foram ao encalço desses vilões até o palácio de Baal-Zebube e foram cercados pelos facínoras.
O Cavaleiro Branco apontou o seu arco maldito para Apolo. O Cavaleiro Vermelho encostou a lâmina de sua espada na garganta de Shiro. Jeú tentou ajudar os seus amigos e foi barrado pelo Cavaleiro Preto. O Cavaleiro Amarelo saltou na frente do Herói.
O Cavaleiro Branco atirou várias flechas flamejantes na direção do capoeirista que começou a gingar e fez várias acrobacias se esquivando das flechas inflamadas.
__O seu reflexo é impressionante! Mas, você não poderá se esquivar para sempre.
O vilão continuou atirando flechas flamejantes contra Apolo e conseguiu feri-lo em um dos braços o derrubando com tudo.
__Droga! Eu fui ferido.
__Hahahahaha. Agora, você morrerá.
Shiro afastou a espada do Cavaleiro Vermelho de sua garganta e desembainhou a sua Katana dizendo:
__Prepare-se para lutar, porque, agora, eu darei o melhor de mim.
__Eu sou um mestre na arte da guerra. Você não tem nenhuma chance contra mim. Hahahahaha.
O Cavaleiro Vermelho e Shiro duelaram tentando cortar a cabeça um do outro.
Jeú sacou um revólver Magnum calibre 357 e mirou no rosto do Cavaleiro Preto e efetuou um disparo. O malfeitor se esquivou do disparo, o desarmando, e ambos trocaram socos e chutes espancando um ao outro.
__Terei muito prazer em te despedaçar com os meus poderosos punhos.
__Quero ver se você é tão bom como fala que é.
Davi sacou a sua pistola Glock calibre 9mm e efetuou vários disparos na direção do Cavaleiro Amarelo, que se esquivou da trajetória das balas, e abriu a sua jarra maldita lançando uma magia contra o agente federal.
__Meu Deus, o que é isso?
__Esse será o seu fim. Hahahahahahahahahaha.
O Herói se jogou para o lado escapando da magia, que era uma pestilência desgraçada que o Cavaleiro Amarelo costumava lançar contra as suas vítimas.
Antes dessa batalha, os Cavaleiros do Apocalipse já haviam matado centenas de pessoas a mando de Baal-Zebube, o Senhor das Moscas. Esses guerreiros eram sádicos e impiedosos, isto é, eles não sentiam pena de suas vítimas.
Alexandre foi surpreendido por Sádico que sobrevoava a região o observando esperando o momento oportuno para atacá-lo.
__Eu posso voar, portanto, estou em vantagem.
__Desce aqui para você ver se eu não te encho de porrada.
__Está bem. Você que pediu.
O homem-morcego voou na direção do ex-satanista que o agarrou e os dois rolaram no chão golpeando um ao outro diversas vezes.
Ciro exibiu as suas lâminas de prata e pelejou contra o Semeador do Caos, que era muito habilidoso com a sua foice, e lançava várias bolas de fogo e de energia na direção do Caçador, que se esquivava com muita eficiência das magias.
__Você é muito habilidoso, Mestiço. Mas, mesmo assim, não é páreo para mim.
__Não me subestime, porque isso pode ser um erro fatal.
__Depois que nós matarmos todos vocês, Baal-Zebube se assentará em seu trono e governará o mundo com mão de ferro.
__Não, se eu e meus amigos pudermos impedir.
Os heróis e os vilões pelejaram ferozmente ferindo um ao outro gravemente. Os guerreiros cristãos, mesmo muito feridos, conseguiram derrotar os capangas de Baal-Zebube, e prosseguiram até a sala real para se encontrarem com o grande chefão que os aguardava para o combate.
O Rei do Mal estava sentado em seu trono feito de ouro maciço e estava cercado por soldados que eram esqueletos descarnados armados com armas medievais. Os Guerreiros de Cristo pelejaram contra esses guardas reais e os derrotaram.
O Senhor da Escuridão se levantou de seu trono e se aproximou dos invasores e falou:
__Devo parabenizá-los por vocês terem conseguido chegar até aqui.
Davi apontou a sua pistola para a cara do Rei do Inferno e disse:
__Nós viemos aqui acabar com você.
__Você continua prepotente como sempre, me afrontando como se fosse páreo para mim. Coloque-se no seu lugar, seu verme. Você é um lixo perto de mim.
__Nós sabemos que não podemos te destruir, mas, pelo menos, podemos estragar os seus planos e adiar o seu domínio total sobre a Terra.
__Pobre coitado! Como você é tolo! Eu já mando e desmando nesse mundo muito antes de você sonhar em nascer. Eu dito as regras.
__Nós já te derrotamos no passado, e podemos derrotá-lo de novo.
__Menino, na última vez que nos enfrentamos, vocês apenas tiveram um pouco de sorte. Mas, agora, lhes garanto, que dessa vez, vocês perecerão, seus fracassados. Eu quero ver qual será o deus que os livrará de minhas mãos. Hahahahahahahahahaha.
Baal-Zebube se movimentou na velocidade da luz e golpeou diversas vezes com extrema violência os Guerreiros de Cristo os derrubando. Os heróis se levantaram e cercaram o Senhor do Escuro.
O Herói avançou com ímpeto e fúria em seu adversário desferindo vários socos cruzados em seu rosto.
O Senhor das Moscas gargalhou sadicamente e desferiu um potente soco uke em seu estômago o fazendo cair de joelhos no chão.
Ciro, o Caçador, soltou várias descargas elétricas em Baal-Zebube, e o Príncipe das Trevas desferiu diversos tipos de socos e chutes em todo o corpo do Mestiço deixando a sua armadura de titânio toda rachada. Ciro desferiu um chute lateral e uma giratória na cara do vilão, que revidou lhe desferindo um chute frontal no tórax o arremessando longe. O Caçador avançou e foi golpeado por um chute faca no rosto e caiu atordoado.
Alexandre avançou desferindo um soco direto na cara de Satanás e quando ia golpeá-lo novamente foi atingido por um soco gancho no queixo e caiu inconsciente. O Rei do Mal chutou o abdômen do ex-satanista e o arremessou em cima de Apolo que vinha correndo para tentar golpeá-lo.
__Seus fracos! Desistam! Vocês não podem comigo. Eu sou o Todo-Poderoso. Hahahahahahahahahaha. Vocês vão morrer.
De repente, quando tudo parecia estar perdido, uma cápsula de energia atingiu o estômago de Baal-Zebube, que foi arremessado contra a parede a fazendo em pedaços.
__Querubim da guarda! A sua luta é comigo.
__Ora, se não é Abadom, o Destruidor. Por que me honra com a sua ilustre presença?
__Eu vim salvar os meus amigos.
__Então, te darei a honra de morrer ao lado deles. Prepare-se para morrer.
Abadom estendeu as suas mãos e lançou vários raios de luz, e o Senhor das Moscas estendeu as suas mãos também fazendo o mesmo. Tanto Baal-Zebube quanto o Destruidor se feriram, mas o mestre de todos os vilões lançou uma cápsula de energia no tórax de Abadom o ferindo gravemente.
Todos os heróis se uniram e juntaram as suas forças conseguindo golpear Lúcifer várias vezes. O Rei do Mal era poderoso, mas sabia que corria o risco de ser derrotado pelos Guerreiros de Cristo novamente, e decidiu fugir para poder lutar num outro dia.
Os Cavaleiros do Apocalipse, Semeador do Caos e Sádico foram capturados pelas autoridades e levados sob custódia para uma prisão de segurança máxima. Assim, o Diabo e seus capangas foram derrotados.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

A FARSA DO DESARMAMENTO


“Se um ladrão for achado arrombando uma casa, e, sendo ferido, morrer, quem o feriu não será culpado do sangue”. (Êxodo 22:2)

O Governo Federal e algumas organizações não governamentais como o Viva Rio e Sou da Paz têm contado mentiras em relação ao porte legal de arma. Esses alienados mentem descaradamente, manipulam dados, e omitem fatos para convencer os cidadãos de bem a entregarem as suas armas em troca de uma mixaria de dinheiro (sendo que as armas entregues são muito mais caras). Eu, como conhecedor da Palavra de Deus e das leis, sei que não há problema algum as pessoas lutarem por suas vidas. A função do Estado, que é instituído por Deus, é proteger os cidadãos. Entretanto, o governo tem desarmado os cidadãos de bem e não os defendido. Contarei a verdade sobre a farsa do desarmamento, pois o meu compromisso é com a verdade baseada na reta justiça.

Muitas das armas entregues as ONGs anti-armas e ao governo são extraviadas, isto é, elas vão parar nas mãos dos criminosos. As armas de fogo são tiradas dos cidadãos de bem e colocadas nas mãos de assassinados impiedosos que massacram os inocentes todos os dias.

Jogar a culpa em seres inanimados, ou seja, nas armas de fogo, não resolverá o problema da violência no Brasil. As armas que os bandidos usam não são compradas nas lojas, mas, sim, no contrabando. Todo mundo sabe que quase todas as armas que os marginais usam não são fabricadas no Brasil, mas, sim, entram pelas fronteiras do país que não são vigiadas como deveriam. Quase todas as armas, que eram legalizadas, que são usadas pelos delinqüentes pertenciam a militares, policiais e seguranças. Então, será que teremos que desarmar as autoridades e os vigilantes para que as armas não parem mais nas mãos dos bandidos? Viver num mundo cor-de-rosa e viajar na maionese não acabará com a criminalidade no Brasil.

Outra desculpa que usam para poderem desarmar os cidadãos de bem é alegarem que acontecem acidentes domésticos com as armas de fogo. O interessante é que acontecem acidentes domésticos entre os militares, policiais e seguranças também. Acidentes domésticos acontecem com pessoas despreparadas para poderem portar uma arma (inclusive, militares, policiais e seguranças despreparados). Se o cidadão fizer um exame psicológico e um curso de tiro semanalmente comprovando que ele tem condições de portar uma arma, não vejo problema nenhum o cidadão ter o seu direito de legítima defesa respeitado.

Na minha humilde opinião, se o Estado garantisse a segurança dos cidadãos e não fosse tão ausente, eu até poderia apoiar o desarmamento. O ideal é que os agentes do Estado e os seguranças portem armas, mas, infelizmente, o governo e as empresas de segurança privada não cumprem com o seu dever, que é proteger os cidadãos de bem e as propriedades de trabalhadores honestos que pagam os seus impostos e obedecem as leis. Se o Estado garantisse a segurança do cidadão, não teria necessidade do cidadão andar armado.

Eu sou totalmente favorável que em regiões rurais os cidadãos portem armas de fogo, até porque eles já provaram que têm maturidade para portarem armas. Houve vários casos em cidades do interior em que cidadãos e bandidos se confrontaram e os cidadãos levaram a melhor. As pessoas do interior geralmente são pacíficas e honestas, por isso, dou o maior apoio para elas portarem armas de fogo.

No passado, a mídia golpista fazia lavagem cerebral para poder desarmar os cidadãos de bem. A Rede Globo manipulava as pessoas para desarmá-las, mas, agora, defende o porte de arma. Essa maldita emissora nem sabe no que acredita.

A falácia de que as armas dos cidadãos de bem sustentam o crime organizado já foi desmentida várias vezes por mim. Qualquer pessoa inteligente sabe que os bandidos compram armas ilegais e não legalizadas. O Estatuto do Desarmamento nunca acabará com o crime, porque os criminosos não entregarão as suas armas.

Desarmar os cidadãos de bem não diminuirá em nada a criminalidade, porque os marginais continuarão armados, roubando, estuprando e matando. O que vai de fato diminuir a criminalidade é o governo investir em segurança pública, isto é, valorizar os militares e policiais, pagando salários decentes para eles e os preparando melhor para poderem combater o crime. Portanto, desarmar o cidadão não é a solução.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

A VINGANÇA DOS CONDENADOS

(Esta história é a continuação de "O Império do Mal". Resolvi escrever esta história, porque eu não tinha nada para fazer).
Os Illuminati desejavam ardentemente se vingar dos Guerreiros de Cristo para conseguirem instalar o seu governo mundial. O Estado, que sempre foi instituído por Deus, logo, trabalharia a serviço de Satanás. Davi e Jeú, através de suas profissões, tentavam frustrar os planos dos Illuminati, mas não sabiam até quando conseguiriam impedi-los. Sebastião prendia os Illuminati infiltrados no Exército todos os dias, mas eles eram numerosos como os grãos de areia do mar.
Em uma prisão de segurança máxima, William e seus mutantes assassinos estavam trancafiados há meses, e esperavam o momento oportuno para se vingarem dos responsáveis por suas prisões.
Vlad Tepes, Nosferatu e Lilith, com a ajuda dos Illuminati, foram os primeiros a se libertarem (agentes corruptos que eram Illuminati os libertaram). Shimera e suas outras aberrações foram libertados, logo, em seguida, e saíram da prisão para poderem se vingar dos Guerreiros de Cristo.
Baal-Zebube, o Senhor das Moscas, resolveu se materializar depois que os seus representantes na Terra foram mortos, e estava decidido a exterminar os heróis que sempre estragavam os seus planos maléficos. O Rei do Mal pretendia eliminar todos os cristãos que ousassem se opor ao seu domínio. Os Guerreiros de Cristo conseguiram derrotar Drakon, o Terrível, e com isso atrasaram a tentativa de golpe de Estado dos Illuminati no Brasil. Drakon, mesmo preso, ainda comandava as operações dos Illuminati em solo brasileiro. Foi o Terrível que ordenou que William, o Shimera, os mutantes e os vampiros fossem libertados da prisão. Existiam muitos cristãos ocupando cargos militares e políticos no Brasil, mas havia muito mais agentes Illuminati infiltrados em todos os setores da sociedade.
Davi estava em um mercado fazendo compras, quando três assaltantes invadiram o comércio e renderam várias pessoas. O líder do bando segurava uma submetralhadora M-11; um deles empunhava uma pistola Taurus calibre 380; e o outro empunhava dois revólveres Rossi calibre 38.
__Se esses desgraçados descobrirem que eu sou policial, eles me matam.
Os bandidos, armados com as armas de pequeno porte, se aproximaram do Herói, e o policial sacou a sua pistola Glock calibre 9mm rapidamente efetuando dois disparos certeiros que atingiram as frontes dos marginais.
O delinqüente, armado com a submetralhadora, efetuou uma rajada de tiros na direção de Davi.
O Herói deu uma cambalhota escapando das balas e efetuou três disparos que atingiram o abdômen do bandido, que caiu para trás.
__... Eu vou matar... Você.
O marginal ainda tentou atirar no policial e acabou levando um tiro na cara e morreu. Davi tomou a arma de sua mão e disse:
__Por pouco eu fui morto. Por um milagre eu não morri dessa vez.
A Polícia Militar e a Polícia Civil chegaram ao local e parabenizaram o Herói pelo ocorrido, mas Davi não estava feliz por tê-los matado; porque ele somente atirou nos delinqüentes por legítima defesa. Se o agente federal não tivesse reagido, os bandidos o matariam quando descobrissem que ele era policial.
__Não me orgulho do que fiz, mas fiz o que era necessário.
O IML (Instituto Médico Legal) levou embora os corpos dos bandidos mortos e o Herói voltou para a sua casa com a certeza de que fez o que era certo. Davi entrou na Polícia Federal para fazer a diferença e estava decidido a fazer o que ele achava certo.
Shimera e seus capangas foram até a Avenida Paulista, em São Paulo, e começaram a matar todas as pessoas que encontravam pelo caminho. As autoridades constituídas tentaram combatê-los, mas elas não eram páreas para os mutantes assassinos.
Drácula desejava se vingar de Ciro e de Davi, os heróis que o afrontaram no passado. Esse vampiro criou um exército de chupadores de sangue para poder conquistar as terras brasileiras. Vlad, o Empalador, tinha sede de poder da mesma forma que ele tinha sede por sangue.
__William, será que aqueles bastardos virão até aqui atrás de nós?
__Com certeza eles virão, pois eles não admitem que nós matemos os inocentes.
__Quero arrancar o coração de Ciro, o Caçador; pois ele me derrotou algumas vezes. Irei estraçalhá-lo e depois jogar os seus pedaços para os abutres comerem.
__Pode contar comigo para fazer isso.
Jeú e seus soldados foram até a região onde os mutantes estavam espalhando o terror e se depararam com Apophis, Dagom e Moloque. O homem com cabeça de touro se aproximou dos militares e falou:
__Há quanto tempo, capitão!
__Eu já esperava encontrá-lo aqui, sua aberração.
__A última vez que nos enfrentamos foi há muito tempo. Agora, estou mais preparado para te despedaçar com os meus punhos.
O oficial do Exército, empunhando um fuzil M-16, efetuou uma rajada de tiros em Moloque, que ficou todo esburacado, mas, logo, em seguida, ele se regenerou.
__Você ainda não aprendeu que essas armas convencionais não representam nenhuma ameaça para mim?
Davi, Apolo, Alexandre e Shiro, foram até o local auxiliarem Jeú e foram surpreendidos pelos vampiros. Vlad Tepes tinha pendências para resolver com o Herói também, e decidiu matá-lo.
__Ora, se não é Davi, o líder dos Guerreiros de Cristo.
__Eu achei que nunca mais voltaria a vê-lo, Drácula.
O agente federal apontou o seu FAL (Fuzil Automático Leve) para o Empalador e quando puxou o gatilho, o vampiro, usando a sua velocidade vampírica, se esquivou das balas e avançou lhe desferindo um soco direto no rosto. Davi foi arremessado contra um automóvel e ficou atordoado por causa do impacto do golpe.
__Eu soube que você se tornou policial; mas, pelo visto, o treinamento não lhe serviu de nada.
__Agora, você me deixou nervoso.
O Herói avançou com ímpeto e fúria em Drácula que se defendeu de todos os seus golpes e ainda lhe desferiu um soco uke no estômago. Davi caiu de joelhos sem fôlego.
__Prefiro enfrentar o Caçador, porque você não está me dando à emoção na batalha que eu esperava.
Davi se levantou chutando os seus testículos e lhe desferindo uma coronhada com o fuzil em sua cara.
__Não me menospreze, porque eu não sua vítima, mas, sim, seu inimigo.
__Então, te tratarei como tal.
O Empalador lhe tomou o fuzil das mãos e o jogou longe dizendo:
__Agora, eu quero ver se você é alguma coisa sem a sua arma.
Quando Nosferatu e Lilith cercaram o Herói para ajudarem Drácula, Ciro apareceu soltando uma descarga elétrica nos vampiros. Vlad Tepes encarou friamente o Mestiço, pois desejava ardentemente matá-lo.
__Resolveu aparecer, Mestiço?
__Não permitirei que vocês matem o meu amigo.
Moloque, Dagom e Apophis dizimavam os soldados do pelotão que Jeú liderava. O militar cristão tentou impedi-los, mas não conseguiu detê-los. Jeú desferiu alguns golpes nos três monstros, mas acabou sendo espancado por seus algozes e derrubado. Apophis levantou o oficial o segurando pelo colarinho e falou:
__Desista! Você não pode nos deter.
__Eu morrerei lutando se for necessário.
Jeú chutou com os dois pés o tórax do homem-serpente se libertando e quando ia golpeá-lo novamente, ele foi golpeado nas costas por Dagom e caiu.
__Você ainda não entendeu que não pode nos vencer?
__Jamais me darei por vencido.
O homem-peixe cuspiu várias bolhas de ácido e Jeú se levantou rapidamente se esquivando dos ataques.
Apophis cuspiu ácido também e o militar se esquivou do ataque e avançou nos mutantes conseguindo golpear Dagom e Apophis com diversos tipos de socos e chutes.
Moloque pegou o seu machado de combate e disse:
__Você conseguiu me derrotar no passado, mas te garanto que agora você não terá a mesma sorte.
Quando o homem com cabeça de touro correu na direção de Jeú para decapitá-lo, Apolo surgiu lhe desferindo um “parafuso” na cara o derrubando. Logo, em seguida, Shiro e Alexandre surgiram ao lado de Jeú para socorrê-lo.
__Finalmente, vocês chegaram.
Shiro colocou a sua mão direita no ombro esquerdo de Jeú e falou:
__Estávamos com Davi, mas, agora, Ciro chegou para ajudá-lo.
Ciro, o Caçador, pelejou contra Nosferatu e Lilith, enquanto Drácula continuou lutando contra Davi. O líder dos vampiros queria pelejar contra o Mestiço, mas ele decidiu acabar com o Herói primeiro.
O Caçador trocou socos e chutes com o casal de vampiros conseguindo golpeá-los diversas vezes, mas ele também acabou sendo golpeado muitas vezes. Lilith segurou Ciro por trás e Nosferatu aproveitou a situação para espancá-lo.
__Isso mesmo, Lily! Agora, nós acabamos com a vida desse infeliz.
__Você pode ser poderoso, Ciro; mas não pode lutar contra nós dois juntos.
O Mestiço levou diversos golpes no abdômen e no rosto, e quando conseguiu se libertar, se afastou para ganhar fôlego para continuar a batalha.
Davi e Drácula pelejaram ferozmente; Davi foi brutalmente espancado, mas também desferiu um potente soco uke no estômago do vampiro, o fazendo vomitar sangue, e, em seguida, lhe desferiu vários socos cruzados na cara e um soco gancho no queixo o derrubando. O vampiro não acreditou que um simples humano pudesse golpeá-lo com tanta eficiência e se levantou irado por causa dos golpes que recebeu.
__Esses seus golpes foram de sorte, mas, agora, lhe mostrarei o meu verdadeiro poder. Hahahahahahahahahaha.
Vlad, o Empalador, usou a sua velocidade vampírica para golpear Davi com um chute frontal no abdômen, que o arremessou contra a parede.
O Herói se levantou cambaleante e foi golpeado várias vezes com socos e chutes no rosto caindo novamente. O agente federal sacou a sua pistola e efetuou diversos disparos nas pernas de Drácula, interrompendo a sua velocidade vampírica.
__Agora, é a minha vez.
Davi avançou no vampiro lhe desferindo um chute faca no estômago, e um chute lateral e uma giratória na cara o deixando zonzo.
Drácula o agarrou na traquéia e começou a sufocá-lo. O Herói puxou uma estaca de prata da cintura e a encravou no coração do vampiro, que caiu duro imobilizado.
Ciro, o Caçador, concentrou todo o seu poder e soltou uma poderosa descarga elétrica no casal de vampiros e os derrotou.
William, o Shimera, observava as batalhas e resolveu enfrentar o Mestiço. Quando Ciro ia auxiliar os seus amigos, ele se deparou com William.
__Eu te criei e posso te destruir também.
__Eu sou diferente das suas outras aberrações. Eu tenho consciência e sentimentos.
__O seu lado humano é a sua fraqueza. Prepare- se para morrer. A sua hora chegou. Hahahahahahahahahaha.
Caçador e William pelejaram machucando um ao outro gravemente. O Mestiço lutava bravamente, mas Shimera era muito mais forte do que ele e prevalecia.
Shiro, Alexandre e Apolo lutaram contra Moloque, Apophis e Dagom. Os guerreiros cristãos apanharam muito, mas conseguiram derrotar os mutantes assassinos.
Davi estava muito machucado por causa de sua peleja contra Vlad Tepes. O Herói queria ajudar Ciro na luta contra Shimera, mas devido aos seus ferimentos, ele preferiu descansar um pouco até se recuperar.
Abadom, o Destruidor, soube que Baal-Zebube havia se materializado para poder matar os Guerreiros de Cristo, e foi tentar avisar os seus companheiros antes que fosse tarde demais.
Ciro lançou várias bolas de energia elétrica em William que ficou todo torrado, mas ainda persistia na batalha.
__Você me derrotou no passado, mas dessa vez, eu prevalecerei contra você.
O monstro leão com a sua cauda, que era uma serpente, cuspiu fogo e cercou o Caçador com um círculo flamejante.
__Este será o seu fim. Hahahahahahahahahaha.
__Não conte com isso.
O Mestiço saltou por cima das chamas desferindo uma voadora no rosto de Shimera, que caiu com tudo no chão.
__Não me subestime, seu monstro
William se levantou furioso e rugiu de tal maneira que fez a terra estremecer.
__Vai pagar caro pela afronta.
Shimera avançou furiosamente em Ciro e quando ia golpeá-lo, foi atingido por uma cápsula de energia e foi arremessado contra um poste, que se partiu ao meio.
__Ainda bem que cheguei a tempo para acabar com a sua carnificina, Shimera.
__Abadom!
O Destruidor estendeu uma de suas mãos na direção de William e lançou vários raios de luz contra o monstro, o fazendo capotar diversas vezes para trás.
__A sua sorte, Caçador, é que chegou o seu amiguinho, Destruidor. Na próxima vez, nós acertamos as nossas contas.
Quando Shimera correu o máximo que pôde para poder escapar, ele foi cercado por militares e agentes federais. Como William estava muito ferido, ele acabou sendo facilmente capturado pelos agentes do Estado.
Os outros mutantes e os vampiros também foram capturados pelos militares e policiais e levados sob custódia para a mesma prisão onde eles estavam encarcerados anteriormente. Os agentes corruptos que os libertaram foram descobertos e presos também. Assim, foi à derrota de William, o Shimera, e seus capangas. Vlad, o Empalador, não estava morto; mas apenas imobilizado por causa da estaca de prata que estava encravada em seu coração.
Baal-Zebube, o Senhor das Moscas, observou todas as batalhas atentamente e ele tramava destruir os Guerreiros de Cristo. O Príncipe das Trevas aguardava o momento oportuno para poder consolidar a sua vingança.

sábado, 1 de outubro de 2011

QUANDO A TELEVISÃO ME FAZIA FELIZ


Lembro-me da época em que a televisão me fazia feliz, pois, hoje, eu apenas tenho lamentado pela péssima qualidade da TV da atualidade. Lembro-me dos animes e séries tokusatsus que eu assistia na saudosa Rede Manchete; e também me recordo do antigo SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) que alegrava os meus dias com o programa do Bozo e com os episódios perdidos do Chaves e do Chapolin. Eu gosto muito de Chaves, mas já estou saturado de ver a meia dúzia de episódios repetidos de sempre. A TV Cultura é a única que se mantém ainda decente. Neste texto, quero desabafar sobre a minha decepção com a televisão atual, que deixa muito a desejar.

Sinto muita falta da comédia de antigamente, porque nos tempos áureos da TV, a comédia era mais inocente e não obscena como atualmente. Os programas humorísticos de antigamente não falavam coisas obscenas e nem ofendiam as pessoas gratuitamente. Tenho me decepcionado com o programa humorístico CQC (Custe o Que Custar), porque os apresentadores desse programa têm feito piadinhas de mau gosto e desrespeitado as pessoas gratuitamente. Eu acho que os integrantes do CQC são muito talentosos e melhores do que isso, ou seja, eles podem ser engraçados sem desrespeitar as pessoas. A Praça é Nossa era muito mais engraçada no passado, porque, hoje, os humoristas desse programa também apelam para a obscenidade e o desrespeito. Sinto saudades dos programas humorísticos do passado, porque os humoristas de antigamente eram verdadeiramente engraçados, isto é, eles não precisavam apelar para a baixaria para fazerem as pessoas rirem. A TV aberta antigamente era mágica, mas, agora, é um antro de artistas sem talento que precisam forçar a barra para fazerem sucesso.

Quando eu tinha TV a cabo, me divertia assistindo os animes do Animax e do Cartoon Network. Alegrava-me também vendo os seriados antigos da programação “Nick at Nite” do canal Nickelodeon. Mas, a qualidade da TV a cabo caiu muito, pois o Animax tirou os animes de sua programação se tornando num outro canal (que passa seriados medíocres para adolescentes fúteis). Infelizmente, eu não cheguei a conhecer o Cartoon Network em seus tempos áureos, mas conheci alguns desenhos japoneses que passavam nesse canal, que, hoje, não passam mais. O canal Nickelodeon tirou a programação Nick at Nite do ar e, assim, eu presenciei o declínio da TV a cabo.

Gostaria muito de ter conhecido a TV Tupi e a Rede Excelsior, porque ouço os telespectadores antigos falarem muito bem dessas emissoras extintas. Graças a Deus, eu tive o grande prazer de ter conhecido a gloriosa Rede Manchete, a melhor emissora de televisão que já existiu no Brasil! Hoje, é o monte de esterco ambulante da Rede TV (Errei de TV) que ocupa o seu lugar. Sinto muita falta da Rede Manchete, porque na época que ela existia era prazeroso assistir televisão.

As novelas antigas eram muito melhores do que as novelas atuais, porque antigamente os autores e diretores das novelas eram criativos. Até as novelas da Rede Globo eram boas no passado, mas, hoje, são chatas e repetitivas. As novelas da Rede Manchete foram às melhores da história da televisão brasileira. Lembro-me da magnífica novela Mandacaru e de novelas excelentes como Dona Beija, Pantanal e Xica da Silva. As novelas do passado eram boas demais.

Gostaria de ter conhecido melhor a Rede Manchete, pois gostaria de ter assistido a sua inauguração em 5 de junho de 1983. Eu baixei um vídeo do Youtube que mostra os primeiros minutos da inauguração da saudosa Rede Manchete. Graças a Deus, eu consegui essa relíquia! A Rede Manchete foi uma emissora que marcou a história da televisão brasileira. Sinto muito orgulho de pertencer à geração da Rede Manchete. O meu sonho é que surja uma emissora semelhante à gloriosa. Não custa nada sonhar.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

O TEMPO DE DEUS


“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derribar, e tempo de edificar; tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de saltar de alegria; tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de deitar fora; tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; tempo de amar, e tempo de aborrecer; tempo de guerra, e tempo de paz”. (Eclesiastes 3:1-8)

Geralmente, as pessoas têm muita dificuldade de compreender o tempo de Deus; e eu mesmo já fiquei chateado com o Todo-Poderoso (muitas vezes) por não ter compreendido o seu tempo. Com a experiência de tempo que tenho com o meu relacionamento com Deus, posso afirmar categoricamente que o tempo de Deus é perfeito. Tudo o que eu pedi para Deus, Ele realizou no tempo d’Ele. Existem três respostas que Deus pode dar para alguém: sim, não ou espera. Graças a Deus, até agora a resposta de Deus para mim foi sempre, espera.

Quando eu era adolescente, ficava desesperado, porque eu não tinha uma namorada. Hoje, não tenho mais interesse em namorar e menos ainda em me casar, mas se for da vontade de Deus que um dia eu namore ou case, eu aguardarei o tempo d’Ele. Por enquanto, eu estou muito bem sozinho.

Quando eu era criança, sonhava em praticar artes marciais, e a luta que eu mais admirava era o Kung Fu. Quando me tornei adolescente, pratiquei o Estilo Serpente. Quando me tornei jovem, tive interesse em praticar o Sanshou (Boxe Chinês) e Deus me ajudou a conseguir praticar todos os estilos que desejei praticar, isto é, Ele nunca me recriminou. Eu me decepcionei por praticar artes marciais, não por causa das lutas esportivas em si, mas, sim, devido às calúnias e acusações que sofri por causa da intolerância religiosa de evangélicos hipócritas que adoram cultuar falsos profetas.

Desde criança, eu tinha o sonho de pegar numa arma de fogo, e com dezesseis anos de idade eu quase aprendi a atirar, em Atibaia, no interior de São Paulo. Na época, eu apenas peguei num Winchester 22, mas não cheguei a pegar num revólver ou numa pistola como eu desejava ardentemente pegar. Quando fiz vinte anos de idade, consegui pegar numa pistola calibre 380 através de um amigo meu, que é policial. No tempo de Deus, esse meu sonho foi realizado. Eu ainda sonho em aprender a atirar, e se for da vontade de Deus, no tempo certo eu aprenderei a manusear armas de fogo.

Eu tinha o sonho de voltar a ver o anime “Saint Seiya” e de ver o desenho “Dragon Ball”. Eu pedi para Deus com toda a sinceridade do meu coração para que Ele me ajudasse a assistir esses desenhos. Deus é muito diferente do que o Josué Yrion e seus seguidores pregam, porque Ele realizou esse meu sonho. Ou seja, eu consegui ver os animes que desejava assistir.

Durante anos, eu desejei ter um Playstation 2, e eu não tinha condições financeiras de comprar um videogame tão caro. Mas, Deus, com a sua infinita misericórdia, me presenteou com um Playstation 2. Um amigo meu chamado Carlos, que também é policial, me deu um Playstation 2 de presente de aniversário. Agora, eu posso jogar os jogos de Super Nintendo à vontade. Deus sempre foi fiel na minha vida.

Um dos meus maiores sonhos é que surja uma TV de qualidade no Brasil, porque a baixaria está insuportável. A gloriosa Rede Manchete me fez muito feliz com os seus animes e séries tokusatsus. Não peço para Deus trazer a saudosa Rede Manchete de volta, mas apenas desejo que uma emissora de televisão semelhante à Rede Manchete surgisse para alegrar o meu coração. A televisão era a minha válvula de escape para eu me distrair da maldade dos homens, mas, agora, não tenho mais uma TV de qualidade para me distrair. Aguardarei o tempo de Deus.

Desejo também arranjar um emprego legal que seja perto de minha casa. Não faço questão de ganhar muito, mas, sim, de trabalhar num lugar que seja cheio de paz e harmonia.

Eu ainda sonho em ter um computador só meu, e sei que Deus me dará um computador no momento certo. O que eu acho mais legal em Deus, é que Ele trata as coisas importantes para mim como sendo importantes para Ele. Deus é demais.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

OS CAVALEIROS DA ESPERANÇA


Um desenho animado que marcou muito a minha infância foi o magnífico anime “Saint Seiya”, conhecido também como “Os Cavaleiros do Zodíaco”. Uma coisa que sempre me entristeceu muito é a disposição e a facilidade que a maioria gritante dos evangélicos tem em ver o Diabo em todo lugar, menos onde ele realmente está. Os religiosos fanáticos têm muita dificuldade em ver coisas boas nos desenhos, porque geralmente eles somente vêem o que é ruim. Eu pretendo através deste artigo mostrar o que a Igreja de Cristo tem a aprender com o anime Saint Seiya.

Os cavaleiros de bronze, Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão, Hyoga de Cisne, Shun de Andrômeda e Ikki de Fênix; são conhecidos como “Os Cavaleiros da Esperança”. Esses jovens cavaleiros combatem vilões maléficos para poderem proteger a Terra e a humanidade. Esse anime ensina muitos princípios morais, ou seja, ensinamentos bons; como, por exemplo, a honra, a amizade, a dignidade, a bondade, a honestidade e a coragem. Esse desenho destaca muito o valor da amizade (algo que muitos evangélicos precisam aprender). Esses cavaleiros estão dispostos a morrer um pelo outro e a morrerem lutando pelo que acreditam. Hoje, eu duvido que a maioria dos evangélicos morreria por Cristo ou daria a vida para salvar algum amigo. O que eu vejo nas igrejas evangélicas é um evangélico querendo passar a perna no outro. Dentro da Igreja eles são santos, mas fora esquecem que Deus existe com a maior facilidade. Agora, irei mostrar os momentos mais emocionantes do anime Saint Seiya para mim, isto é, em que eu pude aprender valores que não aprendi na Igreja Cristã.

Logo depois da Guerra Galáctica, os cavaleiros de bronze enfrentaram Ikki de Fênix, o líder dos terríveis cavaleiros negros (nessa época, Ikki, ainda era mau). Os cavaleiros do bem venceram os terríveis vilões. O momento que mais me marcou foi quando Shiryu foi levar as armaduras para o Mu de Áries consertá-las, e provou o valor de sua amizade arriscando a sua própria vida, dando o seu próprio sangue para restaurar as armaduras. Depois, Shiryu enfrentou o Dragão Negro, e esse vilão se tornou bom, porque descobriu o que era a amizade. Ikki se converteu depois de ser derrotado por Seiya, e sacrificou a sua própria vida combatendo o gigante Dócrates para salvar os cavaleiros de bronze. Hyoga, que tinha sido quase morto por Ikki, o perdoou e se tornou seu amigo.

Na luta contra os terríveis cavaleiros de prata, Pégaso e Andrômeda foram transformados em pedra por Algol de Perseu. O cavaleiro de Dragão se cegou (ele furou os seus próprios olhos) para poder derrotar Algol e salvar os seus amigos. Esse anime ensina muito o sacrifício altruísta em beneficio dos outros.

Na batalha contra os cavaleiros de ouro nas doze casas, os cavaleiros de bronze foram extremamente persistentes e arriscaram as suas vidas para poderem alcançar o seu objetivo, salvar Saori Kido. Claro, que não concordo com a idolatria e a astrologia envolvidas nesse desenho animado, mas admiro a reverência e o amor que os heróis têm pela deusa Atena (algo que não vejo nas igrejas evangélicas em relação ao Deus judaico-cristão). Devemos reter de tudo o que é bom. Inclusive, reter o que tem de bom nos desenhos animados que o Josué Yrion e seus seguidores adoram demonizar.

Eu aprendi muitas coisas boas através do anime “Os Cavaleiros do Zodíaco”. Infelizmente, eu acabei aprendendo muitas coisas ruins com certos evangélicos que dão mau testemunho e levam as coisas de Deus na brincadeira. Os evangélicos precisam aprender o valor da amizade e do sacrifício altruísta em prol da justiça. Os cristãos precisam fazer a diferença na sociedade, sendo o sal da Terra e a luz do mundo. Existem muitas coisas boas nos desenhos, e apenas não enxerga isso quem não quer.